Novak Djokovic precisou adiar o sonho de conquistar seu quarto título no US Open.

Neste domingo (6), o número 1 do mundo foi desclassificado do Grand Slam por acertar uma bolada no rosto da juíza de linha após ter seu serviço quebrado por Pablo Carreño Busta no primeiro set do jogo pelas oitavas de final.

A profissional ficou alguns segundos caída no chão da quadra e o sérvio mostrou preocupação com a mulher, explicando que o ato não foi intencional.

Veja a bolada de Djokovic na juíza

Mas depois da juíza se recuperar, a arbitragem decidiu pela sua desclassificação. A Associação de Tênis dos Estados Unidos (Usta) anunciou que ele perde os pontos e prêmios em dinheiro conquistados até então no US Open, sendo sujeito ainda a multas adicionais.

“De acordo com o livro de regras do Grand Slam, após suas ações de acertar uma bola intencionalmente de forma perigosa ou imprudente dentro da quadra ou acertar uma bola com negligente desrespeito pelas consequências, o árbitro desclassificou Novak Djokovic do US Open 2020. Por ter sido desclassificado, Djokovic perderá todos os pontos ganhos no US Open e será multado com o prêmio em dinheiro ganho no torneio, além de estar sujeito a multas cobradas com relação ao incidente”, disse a Usta em seu comunicado.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul