Cristiano Ronaldo protagonizou uma cena curiosa na entrevista coletiva de Portugal na segunda-feira (14), que antecedeu o jogo contra a Hungria, pela Eurocopa.

Ao sentar na cadeira, o astro português encontrou duas garrafas de Coca-Cola como propaganda em uma mesa à sua frente e as colocou para o lado.

Em seguida, ele substituiu por uma garrafa de água e disse: “Água. Coca-Cola ...", fazendo referência que o que se deve fazer é beber água. Assista:

 

O simples gesto fez uma das maiores empresas do mundo perder US$ 4 bilhões em valor de mercado em minutos.

Segundo o jornal espanhol “Marca”, assim que o mercado financeiro abriu, uma ação da Coca-Cola custava aproximadamente U$ 56,10. Ao término da entrevista de CR7, cada papel da multinacional norte-americana foi para U$ 55,22.

Com isso, a empresa caiu de US$ 242 bilhões para US$ 238 bilhões.