A Arena Trevo, em Florianópolis, recebeu 28 times do naipe masculino para disputa da Taça Brasil de Futebol 7 no último fim de semana. Dois foram de Jaraguá do Sul, sendo que um terminou entre os grandes destaques.

Com uma campanha de quatro vitórias, dois empates e uma derrota, o Flanáticos Jaraguá se sagrou vice-campeão do torneio e garantiu vaga para Libertadores de 2024, que será em Lima, no Peru.

Além disso, o Rubro-Negro teve Bernardo como o maior ‘garçom’, com cinco assistências, o melhor ataque, com 22 gols, e Derick como artilheiro do campeonato, com oito tentos.

A equipe jaraguaense iniciou a caminhada com uma vitória sobre os conterrâneos do Grêmio Jaraguá por 2 a 1, depois empatou com o Internacional (RS) em 2 a 2 e bateu o VIP (PR) por 5 a 3, assegurando a liderança isolada do Grupo C.

No primeiro duelo eliminatório, válido pelas oitavas de final, superou o Floripa Sharks por 2 a 1 no shoot-out, após empate em 3 a 3 no tempo normal, ganhou do Tradecomex (PR) por 3 a 1 nas quartas, goleou o Canada (MG) por 6 a 1 na semifinal, e só foi perder em uma final muito equilibrada com o Araguari (MG), pelo placar de 2 a 1.

“Foi uma grande final e tomamos o gol no último minuto. Mas estamos muito felizes por sermos finalistas da Taça Brasil, uma grande competição com muitos times de peso. Foi uma ótima campanha”, disse o técnico Edilson Tonon.

Outro representante de Jaraguá do Sul, o Grêmio Jaraguá passou ao mata-mata como um dos melhores terceiros colocados ao vencer o VIP por 3 a 1 e empatar com o Inter em 2 a 2, após a estreia com derrota para o Flanáticos. Porém, acabou caindo nas oitavas ao ser superado pelo Bagagem (PR) por 4 a 1.

Foto: Divulgação/La Liga 7