Depois de três anos, um clube catarinense chega às quartas de final da Copa do Brasil. A conquista foi da Chapecoense, que se classificou em cima do Atlético-MG, após vitória nos pênaltis. A partida, no tempo normal, disputada na Arena Condá na noite desta quarta-feira, terminou com o mesmo resultado do primeiro confronto em Belo Horizonte: 0 a 0. Nas penalidades, a Chape foi precisa em quatro das cinco cobranças, enquanto Ricardo Oliveira e Roger Guedes desperdiçaram para o Atlético, determinando o placar final de 4 a 3.

O último clube catarinense a ficar entre os oito melhores da Copa do Brasil foi o Figueirense, em 2015, quando acabou eliminado pelo Santos. Nesta década, o Avaí foi um pouco mais longe, chegou às semifinais e caiu contra o Vasco da Gama, em 2011. A maior conquista de Santa Catarina na competição continua sendo do Criciúma, com o título de campeão em 1991.

É a primeira vez na história que a Chapecoense chega às quartas de final. O Verdão do Oeste aguarda o sorteio que será realizado em julho pela CBF para saber quem enfrenta na próxima fase. Pela classificação, a Chape, que já tinha garantido a quantia de R$ 2,4 milhões, vai receber mais R$ 3 milhões.