Caso a CBF não mude os protocolos neste retorno do futebol, o Sindicato dos Atletas de São Paulo ameaça ir à Justiça e pedir a paralisação do Campeonato Brasileiro.

Em ofício, o sindicato defende duas opções: a primeira é isolar as delegações até o final da competição, como a "bolha" da NBA.

A outra é isolar atletas e comissão técnica por sete dias antes de cada partida, o que fica mais difícil pelo fato dos jogos acontecerem de três em três dias devido ao calendário apertado.

“Em caso de resposta negativa, para a entidade dos jogadores paulistas não restará alternativa a não ser o já conhecido caminho do judiciário”, destacou o sindicato, em nota.

*Informações de GE e IG

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul