Sistema estudado pela Fifa cria linhas automáticas e dispara alarme para avisar árbitro | Foto: Reprodução/Daily Mail
Sistema estudado pela Fifa cria linhas automáticas e dispara alarme para avisar árbitro | Foto: Reprodução/Daily Mail

Resumo da notícia:

  • Fifa estuda uso de árbitros robôs para marcação de impedimentos na Copa do Mundo de 2022
  • Novo procedimento faria com que o árbitro assistente de vídeo não fosse mais responsável pela função
  • Medida pode economizar tempo durante as decisões do VAR e tornar o processo mais rápido

Uma grande novidade pode surgir na Copa do Mundo de 2022, no Catar. A Fifa estuda utilizar árbitros robôs para a marcação de impedimentos.

De acordo com o portal Daily Mail, o novo procedimento faria com que o árbitro assistente de vídeo não fosse mais responsável pela criação de linhas para avaliar um possível impedimento.

Um sistema automático passaria a fazer a tarefa, soando um alarme para alertar uma posição irregular.

O sistema seria capaz de identificar qual parte do corpo do jogador está em posição de impedimento e levaria em conta até o tamanho dos pés de cada um.

Johannes Holzmuller, diretor de tecnologia da Fifa, acredita que a medida pode economizar tempo durante as decisões do VAR e tornar o processo mais rápido.

*Informações de Globoesporte.com

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul