O futebol perdeu neste domingo (15) um dos seus maiores jogadores da história. Ídolo do Bayern de Munique e da seleção da Alemanha, o ex-atacante Gerd Müller morreu aos 75 anos. Ele sofria com Alzheimer desde 2015.

"Der Bomber" (O bombardeiro), como era conhecido, foi o terceiro maior artilheiro da história da Copa do Mundo, com 14 gols, atrás apenas de Ronaldo, com 15, Miroslav Klose, com 16.

Em oito anos defendendo a seleção alemã, ele marcou 68 gols em 62 partidas, sendo campeão da Eurocopa de 1972 e da Copa do Mundo de 1974.

Müller também fez história no Bayern | Foto: Site Oficial

Já pelo Bayern de Munique, foram 566 gols em 607 jogos. É o maior artilheiro da história do Campeonato Alemão, com 365 gols, e conquistou a liga quatro vezes, além de ser tricampeão europeu.

Müller também foi um dos sete jogadores do mundo a ultrapassar a marca de 700 gols na carreira, ao lado de Romário, Messi, Pelé, Cristiano Ronaldo, Puskás e Josef Bican.