No duelo entre as duas equipes com melhor futebol apresentado no Campeonato Catarinense, não faltou equilíbrio, gols e emoção. Mas no fim, a eficiência pesou a favor do Brusque sobre o Juventus, na tarde deste domingo (2).

Como de costume, o Moleque Travesso teve o controle da bola e intensidade no ataque. Porém, o time do Vale do Itajaí foi letal em suas oportunidades e acabou vencendo por 3 a 2, no estádio João Marcatto, pelo jogo de ida da semifinal.

Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

A equipe visitante abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com gols de Thiago Alagoano, aos 32 minutos, e Edu, aos 41.

O Tricolor conseguiu diminuir o prejuízo ainda antes do intervalo, com Gustavo Poffo, aos 46, mas foi para os vestiários lamentando as lesões do meia Marllon e do atacante Itinga, que precisaram deixar o campo.

Já no segundo tempo, o Brusque voltou a ficar com dois gols de vantagem com o segundo gol de Thiago Alagoano, aos 19 minutos. Mas um minuto depois, Fabinho marcou e manteve acesa a esperança do Juventus em buscar a classificação fora de casa.

Como fica

Com a derrota, o time jaraguaense se encontra na mesma situação passada nas quartas de final contra o Figueirense.

Para chegar à final inédita em sua história, precisa vencer a partida decisiva em Brusque, que acontece na próxima quarta-feira (5), às 19h, no Augusto Bauer.

Vitória por um gol de diferença leva a disputa para as penalidades, enquanto um triunfo por dois ou mais gols dá vaga direta ao Juve.

Já o Quadricolor tem a vantagem do empate para retornar à decisão do Estadual após 28 anos.

Desfalques preocupam para volta

Além da desvantagem, o Juventus terá muitos problemas para o jogo da volta, já que o técnico Jorginho deverá ter cinco desfalques, a maioria do setor ofensivo.

Com as lesões sofridas neste domingo, o meia Marllon (entorse no tornozelo), e os atacantes Itinga (estiramento na coxa) e Gustavo Poffo (joelho) dificilmente terão condições de estar em campo.

Momento da lesão sofrida por Marllon | Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Além deles, o zagueiro Felipe Gregório e o atacante Fabinho levaram o terceiro cartão amarelo e também serão baixas.

Em contrapartida, o volante Ronald voltará a ficar à disposição após cumprir suspensão no primeiro jogo.

Primeiro tempo

Com o desfalque do volante Ronald, suspenso, o técnico Jorginho apostou em Denner mais recuado no meio-campo e colocou Fabinho no ataque.

Mesmo com a mudança, o Juventus manteve seu estilo de jogo habitual, com posse de bola, marcação alta e muita intensidade no ataque.

Assim, o domínio foi total do time da casa nos primeiros 20 minutos, criando três boas chances para marcar. Na melhor delas, Itinga aproveitou recuo fraco de Edílson e ficou cara a cara com Zé Carlos, mas chutou em cima do goleiro.

Itinga perdeu grande chance de abrir o placar | Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Logo depois, o próprio camisa 18 precisou deixar o campo ao sentir um estiramento na coxa esquerda e foi substituído por Gustavo Poffo.

Após a parada técnica para hidratação dos jogadores, o Brusque que buscava as jogadas de contra-ataque começou a gostar da partida e foi letal nas únicas duas oportunidades criadas.

Aos 32, Edu deu um toque de calcanhar e deixou Thiago Alagoano de frente com Hudson Jr. Ele bateu por cima e abriu o placar.

Já aos 41, a defesa juventina saiu errado e a bola caiu no pé do artilheiro Edu, que bateu no canto esquerdo baixo de Hudson para ampliar.

Mas ainda antes do intervalo, a equipe jaraguaense conseguiu diminuir. Aos 46, Gustavo Poffo recuperou a bola no ataque, levou para a perna esquerda e acertou uma bomba no ângulo direito do gol de Zé Carlos. Um golaço.

Comemoração do gol de Gustavo Poffo (E) | Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Segundo tempo

O técnico Jorginho precisou fazer mais uma substituição na volta dos vestiários. Com uma entorse sofrida no tornozelo esquerdo, o meia Marllon deu lugar ao jovem João Vitor.

O segundo tempo começou com o Juventus tentando pressionar o rival em busca do gol de empate, principalmente pelo lado esquerdo com Luiz Henrique. No entanto, faltava o último passe.

Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

A ‘zica’ das lesões voltou a atrapalhar os donos da casa, aos 11, quando Gustavo Poffo sentiu o joelho e deixou o gramado para entrada de Jean Felipe.

Com um time muito modificado, o Tricolor viu o Brusque colocar novamente dois gols de vantagem, aos 19 minutos.

Após finalização de Edu rebatida pela defesa, Thiago Alagoano pegou a sobra e estufou as redes, marcando seu segundo gol na partida.

O Tricolor não se abateu e a resposta foi rápida. Um minuto depois, Pablo fez cruzamento pelo lado esquerdo e Fabinho apareceu sozinho no segundo pau para cabecear e vencer Zé Carlos.

A partir daí, o confronto ficou mais truncado, com as defesas se sobressaindo aos ataques. Jorginho até tentou dar fôlego novo a equipe, lançando Mikael e Maninho, mas o placar não se alterou mais. Final de jogo: 3 a 2 Brusque.

Ficha técnica: Juventus 2×3 Brusque

Local: Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Data: 02/08/2020 (domingo)
Horário: 16h (horário de Brasília)
Arbitragem:Ramon Abatti Abel, auxiliado por Eli Alves Sviderski e Alexandre de Medeiros Lodetti
Cartões amarelos: Pablo, Fabinho e Felipe Gregório (Juventus); Zé Mateus, Emerson Martins e Jhonny (Brusque)
Gols: Gustavo Poffo, aos 46/1T, e Fabinho, aos 20/2T (Juventus); Thiago Alagoano, aos 32/1T e 19/2T, e Edu, aos 41/1T (Brusque)
Juventus: Hudson Jr.; Marcos Moser, Rogélio, Felipe Gregório e Luiz Henrique; Allan Christian, Denner, Pablo, Marllon e Fabinho; Itinga. Técnico: Jorginho
Brusque: Zé Carlos; Edílson, Éverton Alemão, Ianson e Airton; Rodolfo Potiguar, Zé Mateus, Marco Antônio, Thiago Alagoano e Fabinho; Edu. Técnico: Jerson Testoni.


Jogos de ida da semifinal

Domingo (2)

  • Juventus 2×3 Brusque - 16h
  • Criciúma × Chapecoense - 18h

Artilharia

5 gols – Marllon
4 gols – Itinga
3 gols – Fabinho
1 gol – Denner
1 gol – Mikael
1 gol – Gustavo Poffo
1 gol – Allan Christian
1 gol – Túlio Renan

Tabela

fase

23/01/20 – Figueirense 0×0 Juventus (saiba mais)
21h, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)

26/01/20 – Juventus 3×2 Criciúma (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Fabinho (2x) e Denner

29/01/20 – Chapecoense 0×1 Juventus (saiba mais)
19h, na Arena Condá, em Chapecó (SC)
Gol: Marllon

03/02/20 – Tubarão 2×1 Juventus (saiba mais)
20h, no Estádio Domingos Silveira Gonzales, em Tubarão (SC)
Gol: Marllon

08/02/20 – Juventus 2×3 Joinville (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Itinga (2x)

16/02/20 – Brusque 1×0 Juventus (saiba mais)
18h30, no Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC)

01/03/20 – Juventus 0×0 Concórdia (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)

08/03/20 – Avaí 2×1 Juventus (saiba mais)
16h, no Estádio Ressacada, em Florianópolis (SC)
Gol: Mikael

15/03/20 – Juventus 2×0 Marcílio Dias (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Túlio Renan e Marllon

Quartas de final

09/07/20 – Juventus 1×2 Figueirense (saiba mais)
15h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gol: Itinga

29/07/20 – Figueirense 1×4 Juventus (saiba mais)
21h30, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Gols: Marllon (2x), Itinga e Allan Christian

Semifinal

02/08/20 – Juventus 2×3 Brusque
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Gustavo Poffo e Fabinho

05/08/20 – Brusque × Juventus
18h, no Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC)

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul