Ex-número 23 do mundo, Damir Dzumhur protagonizou cenas lamentáveis na segunda rodada do ATP de Acapulco, no México.

Quando o jogo contra o holandês Van de Zandschulp estava empatado em 5 a 5 no primeiro set, o bósnio se irritou com uma bola que parecia boa ter sido cantada fora.

Após jogar a raquete no chão e perder o game, ele foi tirar satisfação com o árbitro. Mas depois do primeiro ponto do game seguinte, Damir seguiu reclamando da arbitragem e tomou mais duas advertências.

Antes de levar a terceira, o tenista desistiu do jogo, jogou a raquete em direção ao árbitro e ainda o ameaçou de morte, segundo revelou o jornal "Marca". Com a atitude, Damir foi desclassificado do torneio.