Formado em medicina, Marcel participou de quatro Olimpíadas e cinco Mundiais com a seleção brasileira | Foto Reprodução/Facebook
Formado em medicina, Marcel participou de quatro Olimpíadas e cinco Mundiais com a seleção brasileira | Foto Reprodução/Facebook

Com formação em medicina, o ex-atleta da seleção brasileira de basquete Marcel vem sendo importante no combate ao coronavírus.

Através das redes sociais, o segundo maior cestinha da história do basquete nacional atende gratuitamente a população de Jundiaí, de São Paulo.

“Eu me senti na necessidade, no final de semana passado, porque havia muitas dúvidas a respeito do que estava acontecendo, porque eles estavam trancando a população dentro de casa. Ninguém podia sair, e eu me ofereci, e a minha mídia social, para quem quisesse que eu dirimisse alguma dúvida. Claro que eu não poderia fazer nenhuma intervenção curativa, e qualquer coisa, mas foi muito bom. Foi uma experiência boa”, afirmou.

Marcel durante os atendimentos online | Foto Divulgação

Aos 63 anos, Marcel atende muitas pessoas apavoradas que passam pelos sintomas em casa e as orienta via internet.

“Não mandei ninguém pro hospital. Eu evitei que várias pessoas procurassem ajuda em hospitais, e o que eu procurei tranquilizar eram sintomas de gripe, era febre em filho, diabetes, hipertensão... Essas coisas eu procurei resolver”, conta.

Com quatro participações em Olimpíadas e cinco Mundiais, Marcel ostenta ainda um currículo de muitos títulos, como o Mundial de Clubes, Pan-Americano, Pré-Olímpico das Américas e quatro Sul-Americanos.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger