A cidade de Guaramirim é conhecida por revelar bons talentos para o futebol. Mas o município vizinho a Jaraguá do Sul traz uma particularidade por ter se transformado em um celeiro de goleiros. Os irmãos Jacobi consolidaram a fama há algum tempo.

Aposentado há três anos, Darci jogou em clubes de massa do Brasil como Bahia e Santa Cruz, enquanto Júlio César alcançou voos ainda maiores por atuar no exterior e em grandes equipes brasileiras como Botafogo, Fluminense e Grêmio, o qual está vinculado atualmente.

Agora, vem pintando uma nova figura, que não tem sobrenome Jacobi, mas promete dar o que falar na posição, talvez a mais indigesta do esporte.

Natural do bairro Jacu-Açu, Bruno Ricardo Loewen deixou a cidade natal há pouco tempo e começa a colher os frutos na busca incessante pelo sucesso nos gramados.

Foto: Divulgação/Photosports Brasil

Com apenas 18 anos e 1,85m de altura, o guaramirense está em sua terceira temporada no Paraná Clube, uma das equipes mais tradicionais do Sul do Brasil.

A chegada ao time paranaense se deu em 2018 após ser aprovado em testes submetidos por uma semana. O início foi de adaptação, mas a partir do segundo ano, ele deslanchou.

Mostrando maior amadurecimento e com alto ganho técnico, recebeu mais tempo de jogo no Sub-17, atuando em torneios importantes como o Campeonato Paranaense e Copa BH.

Até que, em 2020, veio a solidificação no clube paranaense. Logo no início do ano, foi levado a Copa São Paulo de Futebol Junior, a principal competição de base do Brasil, numa categoria acima de sua idade.

Foto: Divulgação/Photosports Brasil

A evolução técnica com o passar do tempo passou a chamar ainda mais a atenção dos coordenadores do Paraná, a ponto de tomarem a decisão de levar o garoto ao elenco profissional, onde está integrado desde o último dia 3 de agosto.

“Sempre soube da grandeza do Paraná e da responsabilidade que seria defender suas cores. Depois de ser aprovado e vir morar em Curitiba, acabei me apaixonando ainda mais pelo clube e pela torcida. O sentimento que sinto em vestir a camisa do Paraná é de muito amor e responsabilidade”, destaca.

Se terá uma carreira de destaque no futebol, só o futuro dirá. Mas o potencial dá esperanças de que Bruno seja mais um goleiro cria de Guaramirim a despontar dentro das quatro linhas.

Foto: Divulgação/Photosports Brasil

Semelhanças com os irmãos Jacobi

Além de nascerem em Guaramirim e escolherem a posição de goleiro, Bruno, Darci e Júlio César carregam mais uma coisa em comum.

Todos passaram por escolinhas da cidade natal e foram ao Paraná para dar o salto na carreira rumo ao profissional.

No caso de Bruno, a primeira forte ligação com a bola foi no futsal, começando em escolinhas de Guaramirim, passando por Massaranduba e depois Jaraguá Futsal.

Foto: Divulgação/Photosports Brasil

O desejo de virar goleiro profissional foi só aumentando e ele passou a conciliar treinos de salão e campo, treinando no Jaraguá e Juventus, as duas principais equipes da cidade vizinha.

Essa rotina perdurou até os 15 anos, quando fez a escolha de seguir caminho apenas no futebol.

Depois da decisão, passou pela escolinha do Seleto, sendo treinado pelo próprio Darci, até chegar ao Paraná há dois anos.

“O Darci e o Júlio, além de inspirações como goleiros e pessoas, são dois grandes amigos meus, que sempre me ajudaram e me apoiaram na busca do meu sonho. É um orgulho ser guaramirense e tenho gratidão a cidade por ter me dado a primeira oportunidade na carreira”, afirmou.

Foto: Divulgação/Photosports Brasil

Sobre os sonhos no esporte, Bruno Loewen já tem tudo traçado. Primeiro, quer continuar ganhando espaço no Paraná até virar titular do profissional, que disputa a Série B do Brasileirão.

Feito isso, os planos vão crescendo até que a longo prazo conquiste praticamente o que todo menino que esteja no futebol deseja: jogar em um grande clube europeu para disputar a Liga dos Campeões e atuar pela seleção brasileira.

“Conquistando essas metas, tenho certeza que irei alcançar meu objetivo de ser um grande goleiro profissional e também realizar meu sonho que é dar uma condição melhor para mim e para minha família”, finalizou.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul