O Avaí enfrenta o Guarani, neste sábado (13), às 16h30min, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas-SP, num jogo que vale a chance de abrir vantagem no G-4 na Série B do Campeonato Brasileiro. O Leão é  quarto, com 48 pontos; enquanto o Bugre é o quinto, com 45.

A surpreendente derrota do Atlético-GO para o Sampaio Corrêa, por 2x1, em Goiânia, na noite desta sexta-feira (12), ajudou o time de Florianópolis porque o rubro-negro de Goiás estacionou nos 45 pontos.

Também neste sábado, o outro time de Goiânia, o Vila Nova do técnico catarinense Hemerson Maria, que também tem 45 pontos, recebe o lanterna Boa, às 16h30min, no Serra Dourada - se não vencer, favorecerá o Leão.

Mas o técnico Geninho sabe que encontrará um adversário difícil pela frente no interior paulista.

“Sei o quanto é difícil jogar em Campinas. O Guarani é um time arrumado, ajustado, marca forte, não dá espaço, preenche o meio e tem mobilidade no ataque”, alertou.

O volante Matheus Barbosa deixou o treino na quinta-feira (11) sentindo um desconforto, mas deve jogar neste sábado. Nesta sexta-feira, na entrevista coletiva, Geninho não fez mistério quanto ao time que inicia a partida contra o Guarani.

O treinador azurra deve escalar Kozlinski; Guga, Betão, Aírton e Capa; Judson, Matheus Barbosa, Pedro Castro e Renato; Getúlio e Rodrigão.

Se Matheus não jogar, Geninho terá Luan, com opção mais defensiva; ou Luan Pereira, numa aposta mais ofensiva.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?