Foto Lucas Pavin/Avante! Esportes
Foto Lucas Pavin/Avante! Esportes

No comando do Grêmio Esportivo Juventus desde maio de 2018 - quando substituiu Sérgio Luiz Meldola -, Cristiano Humenhuk se afastará do cargo por, no mínimo, seis meses.

A decisão valerá após o termino do Campeonato Catarinense, quando o mandatário se dedicará ao cargo de assessor de Natália Lúcia Petry, pré-candidata à Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul.

A medida respeita um decreto do estatuto do clube, feito pelo próprio Humenhuk ao entrar na diretoria em 2016, de que o dirigente precisa se ausentar por qualquer envolvimento político em época de campanha.

“Foi muito difícil tomar essa decisão, mas coloquei minha família em primeiro lugar e acho que posso fazer muito mais pela população do que já vinha fazendo no Juventus. Me sinto preparado para atender pessoas em outras situações perante à sociedade”, destacou.

Foto Lucas Pavin/Avante! Esportes

De acordo com o estatuto do Juventus, a administração ficará à cargo do vice-presidente Paulo Ricardo Marcelino, que também é diretor de marketing do clube. No entanto, o novo mandatário ainda será decidido internamente.

Em quatro anos na alta cúpula tricolor, Cristiano Humenhuk ajudou na reestruturação do Moleque Travesso, que voltou à elite do futebol catarinense e garantiu uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro de 2021.

“Trabalhei quatro anos para o clube sem retorno financeiro. Pelo contrário, até tiramos do bolso o que tínhamos e não tínhamos para ajudar o clube. O Juventus me abriu portas que jamais vou esquecer. Aceitei o convite da Natália porque é um projeto que posso confiar e sei que posso ajudar. Ela sempre se empenhou muito pelo Juventus e o grande projeto que ela tem me ajudou a tomar essa decisão”, declarou.

Antes de aceitar o cargo de assessor, Humenhuk revelou ainda que alguns partidos o procuraram para ser candidato a vereador. “Não aceitei, porque achei que não era um bom momento”, disse.

Uma nova fase na vida do presidente juventino se aproxima, porém, não o impedirá de continuar acompanhando o clube.

“Vou estar apenas licenciado, mas mesmo que não estivesse no Juventus não deixaria de ajudar o clube. Minha paixão pelo Juventus continua e vou fazer o máximo para manter o nosso Moleque Travesso em alta”, finalizou.

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul