O ato racista de Danilo Avelar, do Corinthians, em um jogo online na noite de terça-feira (22), fez a diretoria decidir pela rescisão de seu contrato, que era válido até o fim de 2022.

" O Sport Club Corinthians Paulista informa que está em contato com o atleta Danilo Avelar e seus representantes a fim de discutir e formalizar as medidas cabíveis para o encerramento do vínculo. O Corinthians reafirma que repudia toda e qualquer manifestação de conotação racista, coerentemente com sua história de defesa da igualdade e da democracia", diz nota do clube.

Durante uma partida de Counter-Strike: Global Offensive, o famoso CS:GO, o jogador postou um comentário em que dizia a outro usuário: "Fih (filho) de rapariga preta".

O jogador chegou a admitir o erro e pedir desculpa através de um comunicado, mas a pressão de torcedores foi grande para que a diretoria encerasse seu vínculo.

Contratado pelo Corinthians em 2018, Avelar defendeu o time em 110 jogos, com 12 gols marcados.