Ronald Koeman vai retornar ao cargo de técnico da Holanda quando Louis van Gaal deixar a função após a Copa do Mundo no Catar, confirmou a Federação Holandesa de Futebol (KNVB) nesta quarta-feira (6).

Van Gaal afirmou que está recebendo tratamento para uma forma agressiva de câncer de próstata e será substituído por Koeman, que ajudou a Holanda a chegar à Euro 2020 depois de ter ficado de fora do torneio anterior e da Copa do Mundo de 2018.

Ele partiu para o que descreveu como seu "emprego dos sonhos" no Barcelona em agosto de 2020, mas foi demitido pelo time catalão em outubro do ano passado.

“Estou ansioso pela nova colaboração. Há pouco mais de um ano e meio, certamente não deixei a seleção holandesa por insatisfação. A minha passagem foi boa, os resultados foram bons e a relação com os jogadores foi boa. Em breve continuaremos nesse caminho. Isso é certo para mim”, disse Koeman ao site da federação holandesa.