Cinco brasileiros estão na lista com 25 personalidades do vôlei indicados a entrar no Hall da Fama internacional da modalidade em 2021.

O ex-jogador e treinador Bernardinho, os ex-atletas de vôlei de quadra Giovane Gávio, Serginho e Fernanda Venturini, e o campeão olímpico de vôlei de praia Ricardo podem receber a maior honraria do vôlei mundial.

Giovane Gávio, campeão olímpico como atleta e hoje treinador | Foto Divulgação

Outros grandes nomes do esporte, como o russo Sergey Tetyukhine, os norte-americanos Logan Tom e Clayton Stanley, e as cubanas Yumika Ruiz e Taismay Aguero também concorrem.

A votação popular está aberta no site da instituição e os fãs do esporte podem votar em quantos nomes quiserem. O prazo para participar é até o próximo dia 28 de fevereiro.

Os cinco eleitos pelo público avançam para o segundo momento da eleição, em que membros já escolhidos em pleitos anteriores do Hall da Fama também terão direito a votos.

O Brasil já tem 16 representantes no Hall da Fama: Adriana Behar, Shelda, Renan Dal Zotto, Fofão, Bebeto de Freitas, Maurício, Giba, Zé Marco, Loiola, Ana Moser, Jackie Silva, Fofão, Sandra Pires, Bernard, Emanuel e Carlos Arthur Nuzman.

Fonte: Agência Brasil