Em reunião virtual entre a CBF e 60 representantes dos clubes das Séries A a D do Campeonato Brasileiro, as partes se uniram pela continuidade do futebol, apesar do momento delicado que o país vive por conta da pandemia da Covid-19.

A entidade repassou as ações e defendeu a realização de jogos pelo “ambiente seguro, controlado e responsável”.

A Confederação usou como base um estudo em que apresenta a aplicação de mais de 80 mil testes e uma taxa de 2,2% de casos positivos.

Segundo pesquisa divulgada pelo sindicato nacional dos atletas, a Fenapaf, 90% dos atletas acreditam nos protocolos e querem continuar a atuar.

A entidade também tratou da possibilidade de transferência de partidas para outros estados e cidades, no caso de vetos de governantes locais, como aconteceu em São Paulo nesta quinta-feira (11).