O tiro armas longas e o atletismo voltaram a dar alegrias para Jaraguá do Sul nos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc).

Na terça-feira (23), o Clube de Atiradores Jaraguá conseguiu uma virada sobre Timbó após as disputas do último dia no Carabina Ar Seta, e conquistou o 12º título de sua história no evento.

Com a somatória de 1236,8 contra 1217,9 sobre o rival direto, a equipe jaraguaense foi campeão com 37 pontos no geral, um à frente da cidade do Vale do Itajaí. São Bento do Sul fechou o pódio.

Já no atletismo, parece que virou rotina. Se tem Simone Ponte Ferraz na pista, pode se esperar ouro e recorde.

Depois de atingir os feitos nos 3.000m com obstáculos na segunda-feira (22), a jaraguaense repetiu a dose nos 5.000m rasos, com o primeiro lugar e um novo recorde da prova de 16 minutos, 32 segundos e 87 centésimos.

Foto: Divulgação/Secel

Foi a 16ª medalha de ouro e 24ª no total da corredora na história do Jasc. Como se não bastasse, foi eleita a atleta destaque da modalidade na atual edição.

Ainda no atletismo, Jimmy Lopes garantiu a medalha de ouro no salto em altura e Eduardo Peters foi bronze no lançamento do martelo.

Jimmy Lopes (E) e Eduardo Peters | Fotos: DIvulgação/Secel

Com os resultados, Jaraguá do Sul fechou a modalidade em 8º lugar geral no masculino e 6º no feminino.

Veja outros resultados da terça-feira

- Ciclismo: A modalidade foi aberta com as disputas da Maratona. No masculino de 64km, Ricardo Ramthum teve a melhor colocação em 27º. Já no feminino de 39km, Marcia Dalprá acabou sendo eliminada.

- Xadrez: Atletas cumpriram a 4ª rodada por Equipes. O feminino venceu Joaçaba por 3 a 1, mesmo placar do masculino sobre Indaial.