Em votação na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), foi aprovado um projeto de lei que prevê punição para torcedores, dirigentes e clubes por atos de racismo e homofobia em estádios de futebol no Estado.

Entre as punições, estão previstas advertência, multa e proibição de frequentar jogos de um a quatro anos.

Também estarão sujeitos a sanções atos de intolerância étnica, religiosa e de xenofobia praticados nos estádios e em um raio de até 5 km dos locais dos jogos.

As multas para torcedores podem variar de R$ 5,6 mil a R$ 22,4 mil. Para clubes e dirigentes, pode ser de R$ 56 mil a R$ 112 mil.

Aprovado em segundo turno, o projeto agora irá a sanção do governador Ratinho Junior (PSD).

*Fonte: GE