Com um dos projetos de voleibol de base mais prestigiados do Brasil, Jaraguá do Sul não para de revelar talentos que chamam atenção e acabam sendo levados para clubes dos principais polos da modalidade no país.

A bola da vez vem da categoria feminina. Aos 19 anos, Isabely Ayumi Takaesu, mais conhecida como Japa, foi contratada pelo Realizar/FUPES/TCDS, de Santos (SP), para jogar o Campeonato Paulista Sub-21 e Adulto.

Jaraguaense já vem treinando no novo clube | Foto: Divulgação

A nova oportunidade chega após uma trajetória de muito destaque em sua terra natal. Descoberta em um dos pólos do projeto Evoluir, na Escola Cristina Marcatto, a jaraguaense passou a integrar as equipes de base da cidade, aos 12 anos de idade.

Sob o comando da técnica Tatiana Altini, ela iniciou a carreira como ponteira, mas depois de um período de adaptação, logo viu que líbero seria sua posição ideal.

E foi mesmo. Na função exclusivamente defensiva, Japa se tornou peça fundamental nos elencos de Tatiana Altini e, posteriormente, da professora Karina Patrícia de Souza, responsável pelas categorias maiores.

Por aqui, empilhou conquistas nos mais importantes campeonatos de Santa Catarina e alguns nacionais, antes de se transferir para o Sesi Bauru no ano passado.

Isabely na época de Sesi | Foto: Johnny Nikolaídis

Após ficar seis meses no tradicional time paulista, retornou para Jaraguá do Sul, ajudando a equipe a chegar ao segundo lugar dos Joguinhos Abertos.

Até que, no último mês de fevereiro, o clube de Santos fez os primeiros contatos e fechou a contratação da jaraguaense, que já se apresentou e está treinando no novo time.

“Estou muito feliz de estar em Santos, pela oportunidade de representar esse clube, com a estrutura, com os profissionais e com a cidade. Espero que esse ano seja de muita evolução tanto individual quanto coletiva e que possamos chegar o mais longe possível, almejando sempre o topo”, disse.

Formação para vida e exemplo de superação

Figurando em um dos grandes cenários do voleibol brasileiro, Isabely não esquece de suas raízes. Segundo a líbero, a formação feita em Jaraguá do Sul foi e continua sendo primordial para sua evolução em quadra.

“A base em Jaraguá foi fundamental. Muito do que aprendi, na parte técnica, tática e comportamento de jogo com a Tati e a Karina continuo aplicando no meu dia a dia, facilitando muito o processo”, declarou.

Orgulhosa ao ver uma de suas pupilas alcançar voos maiores, a técnica Karina destacou a determinação da atleta para o caminho de sucesso que começa a ser traçado na modalidade.

“É uma menina merecedora, sempre foi muito guerreira e líder. É um exemplo de determinação, que deixou seu legado por aqui e muitas atletas novas se espelham nela. Eu e a Tati estamos felizes e orgulhosas de ver ela alcançando voos maiores e desejamos muito sucesso para uma menina que saiu da nossa base. Jaraguá está de parabéns por todo investimento que tem feito no esporte através da Secel”, afirmou.