Segundo o jornal "Aftonbladet", da Suécia, Zlatan Ibrahimovic corre o risco de ser suspenso do futebol por três anos por ser coproprietário da Bethard.com.

O Código de Ética da Fifa não permite que atletas que disputam competições profissionais tenham interesses financeiros em casas de apostas.

A reportagem explica que a empresa do centroavante, a Zlatan Unknown AB, tem 10% das ações da Gameday Group PCL, que é a única acionista da Bethard. Em 2019, a casa de aposta teve um lucro de 30 milhões de euros (R$ 204 milhões na cotação atual).

Apesar da possível suspensão, Ibrahimovic pode apenas pagar uma multa e continuar jogando.