Integrante do quadro da Fifa desde 2020, Charly Wendy Straub Deretti está prestes a encarar mais um desafio inédito em sua carreira de árbitra.

Na noite de quarta-feira (17), a jaraguaense foi convocada para apitar na Copa Libertadores da América de futebol feminino, onde será a única árbitra brasileira.

Ela terá a companhia das compatriotas e assistentes Bárbara da Costa, do Pará, e Fernanda Gomes Antunez, de Minas Gerais.

Após comandar jogos importantes do futebol nacional em 2020, Charly terá sua primeira experiência em uma competição internacional.

Jaraguaense apitando jogo da Série B do Brasileiro | Foto: Alvaro Junior/Ponte Preta

A Libertadores ocorrerá entre os dias 5 e 22 de março, em Buenos Aires, na Argentina, com presença de 16 times. Entre eles, o catarinense Avaí Kindermann e os paulistas Corinthians e Ferrroviária.

Em entrevista ao OCP, a profissional de 33 anos revelou que o convite da Conmebol repassado pelo presidente da Comissão Nacional de Arbitragem, Leonardo Gaciba, veio com uma certa surpresa.

“Não esperava, fiquei bem surpresa. Nunca sabemos quando é o próximo jogo, então essa convocação foi uma surpresa ainda maior. Estou muito feliz e quero fazer um ótimo trabalho lá (na Libertadores) para representar muito bem a arbitragem brasileira. Tenho certeza que nosso trio terá boa atuação”, destacou.

Charly iniciou na profissão em 2012 e passou a integrar o quadro de arbitragem catarinense quatro anos depois, atuando em torneios profissionais no estado, a partir de 2017.

Foto: Liamara Polli

No ano seguinte, ingressou no quadro da CBF até receber a primeira oportunidade no profissional masculino em 2019 ao apitar o jogo entre Sergipe-SE e Coruripe-AL, no dia 8 de junho, pela Série D do Brasileiro.

De lá para cá, ganhou oportunidades nas Série C e B, além da Copa do Brasil e um amistoso da seleção brasileira feminina no ano passado.