Indústria 4.0 impulsiona melhoria dos processos automatizados da WEG em Jaraguá do Sul

Foto: divulgação WEG

Por: Elissandro Sutil

01/07/2015 - 13:07 - Atualizada em: 01/07/2024 - 14:19

Pensar nos processos automatizados da indústria seria quase impossível sem a indústria 4.0. Seus avanços contribuem de forma abrangente para esta fatia importante da economia, em especial, na criação de fábricas inteligentes. Para a WEG de Jaraguá de Sul, esta indústria permite a produção inteligente, e visa aumentar a produtividade, eficiência e a flexibilidade dos processos, além de personalizar a tomada de decisões nas operações e na produção de cadeias de suprimento.

Outro fator importante é que esta tecnologia permitem maior eficiência e redução de custos, diminuição de erros e aumento da qualidade dos produtos. Além disso, a manutenção preditiva, ferramenta que permite a análise de dados para detectar anomalias ou defeitos em tempo real, ela também contribui para a redução de paradas não planejadas e aumenta a vida útil dos equipamentos.

Foto: superintendente Carlos Bastos Grillo

Segundo o superintendente da WEG Digital e Sistemas, Carlos Bastos Grillo, a indústria 4.0 vai muito além da melhoria dos processos, ela permite a integração das tecnologias avançadas como IoT (Internet das Coisas): rede coletiva de dispositivos conectados e à tecnologia, as conectividades e a big data, também conhecida como rede de dados, tudo isso, junto a inteligência artificial.

 

Controle de dados e segurança

Dentre as vantagens que a indústria 4.0 oferece ao negócio, destaca-se o controle de dados, esta ferramenta é uma base que oferece percepções valiosas em tempo real. Os chamados insights, permitem tomadas de decisões que beneficia os setores da indústria pela agilidade, organização e abrangência de informação.

A análise de big data, por exemplo, que se refere a métodos e ferramentas usados para coletar e processar insights e dados variados, permite identificar padrões e tendências que otimizam a alocação de recursos, prevê demandas futuras e ajusta a produção conforme o necessário. Além disso, o monitoramento contínuo dos processos melhora a gestão da qualidade e a eficiência operacional.

Foto: divulgação WEG

Do mesmo modo, é a segurança que este espaço da indústria oferece aos trabalhadores, principalmente devido à automação de tarefas e à utilização de robôs colaborativos. Para o superintendente Carlos Bastos, o fato desses sistemas serem monitorados em tempo real, as análises preditivas ajudam a identificar e prevenir falhas antes que causem acidentes. Segundo a empresa, os sensores e dispositivos de segurança integrados garantem que as máquinas operem dentro dos parâmetros seguros, e os trabalhadores são treinados para interagir com tecnologias avançadas, reduzindo a exposição a riscos.

Mão de Obra e expectativa de futuro da indústria

A WEG destaca que Jaraguá possui um bom nível de mão de obra qualificada para a indústria, e que isso deve-se em partes graças aos programas de parceria entre a WEG e instituições de ensino técnico e superior. No entanto, como existe um crescimento exponencial de tecnologias ligas as fábricas, há também neste meio alguns desafios que fazem parte do processo, como a necessidade contínua de atualização e capacitação dos profissionais para lidar com as rápidas inovações tecnológicas.

Ciente de que esta indústria impacta positivamente na economia do município, a WEG deseja aumentar sua competitividade no mercado global, essa expectativa que contribui para o seu crescimento dera mais empregos qualificados e atrai investimentos futuros.

Ainda sobre as vantagens da indústria 4.0, ela aumenta a eficiência e a produtividade, uma vez aprimoradas elas elevam a produção e as exportações, o que beneficia diretamente a economia local. Além disso, o desenvolvimento de tecnologias avançadas promove o surgimento de startups e outros negócios relacionados ao setor de tecnologia.

Ainda que não seja possível precisar o percentual do aumento na produtividade com a referida indústria, segundo o superintendente, observa-se um aumento contínuo e consistente do ganho de produtividade, trazendo em alguns casos patamares entre 10 a 20% de redução de perda ano a ano.

Foto: divulgação WEG

Sobre o futuro da automação, a WEG espera ser o parceiro da indústria brasileira nesta jornada de automação. Para isso se torne possível, a empresa desenvolve como projeto soluções como uma plataforma digital “low code” e inúmeros softwares para melhorar a gestão e eficiência em chão de fábrica. Além disso, a instituição deseja estar presentes no negócio de redes 5G privadas dentro das fábricas, no agro e também nas cidades, a intenção demanda não somente desenvolvimento de softwares, mas também de hardwares.

Por fim, destaca-se que a indústria 4.0 está promovendo uma transformação significativa na forma como as empresas operam e interagem com seus clientes. A digitalização permite uma personalização maior dos produtos, melhor atendimento ao cliente e a criação de novos modelos de negócios baseados em dados e serviços. A WEG, com sua abordagem inovadora, está bem posicionada para aproveitar essas oportunidades e liderar o mercado rumo ao futuro digital.

Notícias no celular

Whatsapp