Serra tem curvas perigosas, e a falta de manutenção e equipamentos de segurança aumentam os riscos de acidente | Foto Reprodução Google Street Veiew
Serra tem curvas perigosas, e a falta de manutenção e equipamentos de segurança aumentam os riscos de acidente | Foto Reprodução Google Street Veiew

A necessidade de uma ampla revitalização em toda a Serra Dona Francisca começa a ganhar mais apoio. Depois do envolvimento da Câmara de Vereadores de Joinville, parte dos deputados da Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), órgãos de classe como Acij (Associação Empresarial de Joinville) e CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) e Ajorpeme (Associação Joinvilense da micro e pequena empresa) é o MPSC (Ministério Público Estadual de Santa Catarina) quem volta a somar nas cobranças pela reforma da estrada.

LEIA MAIS: Curva da morte, na Serra Dona Francisca, soma mais de 140 acidentes em quatro anos

Pedidos de melhorias já foram ajuizados pela 12ª Promotoria de Justiça de Joinville, no ano passado, por meio do promotor André Braga de Araújo. Nesta semana, ele apresentou recurso a uma sentença proferida em abril, na qual foram atendidos apenas parte dos pedidos de melhorias na rodovia solicitados pelo MPSC.

"Basicamente, o juiz julgou parcialmente procedente nosso pedido. Interpus um recurso de apelação para reformar a sentença, a fim de que sejam acatados todos os pedidos feitos na inicial", disse o promotor de Justiça à Rede OCP News.

O promotor indica no documento que é necessário fazer um estudo de engenharia de tráfego para e a completa revitalização da estrada. Além disso, Araújo enfoca que é preciso ter um plano de monitoramento constante das condições da SC-418. A cobrança, segue tramitando de forma judicial contra o Estado.

Inércia já dura três governos estaduais

Há pelo menos três governos - Raimundo Colombo (PSD), Eduardo Pinho Moreira (MDB) e agora com Carlos Moisés (PSL) -, a Serra Dona Francisca não ganha uma ampla revitalização, como a Rede OCP News vêm mostrando ao logo dos últimos anos em reportagens especiais.

Nossas reportagens destacaram que, além de alguns casos de imprudência de condutores, a segurança de quem trafega por ali é comprometida porque falta manutenção. Basta percorrer algumas curvas da serra para perceber a ausência de guard-rails. A sinalização que resiste ao vandalismo, ações do tempo e danos em acidentes, quase sempre está coberta pelo mato.

LEIA MAIS:

OCP News faz série de reportagem com Raio-X das rodovias estaduais do Litoral Norte

SC-418. Mato alto, buracos e falta de iluminação aumentam os perigos da Serra Dona Francisca

Reforma completa da Serra Dona Francisca custaria 1 milhão, segundo Deinfra

Porque a SC-418 vem sendo chamada de rodovia da morte

Manutenção precária e vandalismo comprometem a segurança de pedestres e motoristas na SC-418

Serra de contrastes: de belezas naturais e perigos

Quer receber as notícias no WhatsApp?