Jaraguá do Sul carrega o orgulho de ser uma cidade que forma muitos talentos nas mais diversas modalidades esportivas, com atletas que se destacaram e seguem em alta no cenário estadual, nacional ou em todo o mundo.

Naturais ou radicados em Jaraguá do Sul, os esportistas têm carreiras promissoras e são a prova de que é possível superar limites para atingir destaque dentro do seu esporte e voar cada vez mais alto.

Veja alguns deles:

Atletas que entraram para a história

Ado - Futebol

Ado em sua época de atuação no Corinthians. Foto: Meu Timão

Jaraguá do Sul também carrega o orgulho de ser a terra natal de um grande goleiro da década de 70. Eduardo Roberto Stinghen, mais conhecido como Ado, foi um dos mais promissores goleiros do futebol brasileiro no início da década e também um dos galãs do Corinthians.

Ele nasceu em 4 de julho de 1946 e começou no futebol em 1964, com apenas 18 anos de idade, em campo como goleiro do Londrina. Em 1969 passou a jogar pelo Corinthians, time onde obteve muito destaque. De acordo com o "Almanaque do Corinthians", de Celso Dario Unzelte, o goleiro participou de 205 jogos na passagem pelo time, sofrendo apenas 168 gols, até 1974.

Depois ele vestiu a camisa do América-RJ, Atlético Mineiro, Portuguesa, Velo Clube, Fortaleza, Pelotas, Ferroviário e Bragantino, último time que jogou, em 1984. Também foi reserva do goleiro Félix na seleção brasileira de 70.

Toto - Futebol

O jogador atuava na posição de atacante. Foto: Arquivo Pessoal

Primo do goleiro Ado, o também jaraguaense Sandro Luís Schmidt, mais conhecido como Toto, jogava na posição de atacante. Ele começou jogando futebol amador em Jaraguá do Sul por times como o Cruz de Malta e Botafogo, nos campeonatos de primeira divisão. Depois jogou pelo Juventus, com muita facilidade para fazer gols, conquistando o título de artilheiro da segunda divisão do Campeonato Catarinense em 1990.

Isso atraiu atenção de grandes times nacionais e internacionais, levando-o a fechar o contrato com o Flamengo em 1992. No final do mesmo ano, passou a fazer parte do elenco do Cruzeiro de Minas Gerais. Daí em diante foram vários títulos na carreira: artilheiro do campeonato Mineiro, Campeão da Copa do Brasil, campeão da Supercopa da Libertadores e vários outros.

Atualmente, a paixão pelo esporte deu espaço para outra: Sandro é proprietário de uma empresa de confecção de artefatos em couro artesanais que tem clientes em toda a região Sul do Brasil.

Novos talentos

Isabeli Lourenço - Natação

A atleta é protagonista de uma história de superação e garra. Foto: Divulgação

A atleta Isabeli Lourenço foi bicampeã brasileira de natação dos Jogos Brasileiros para Transplantados (JBTx), que aconteceu na primeira quinzena de setembro, em Curitiba (PR). Ela também trouxe para Jaraguá do Sul medalhas de ouro na categoria de tênis de mesa.

A jovem fez um transplante cardíaco em março de 2018 e no livro “A Menina do Coração” conta como foi a descoberta da doença de síndrome de Wolff-Parkinson-White, causada pela presença de uma via elétrica extra no coração que causa um batimento acelerado. Ela também registra a evolução da doença, a longa espera na fila do transplante e o recomeço com um coração transplantado, após 10 anos.

Nas horas vagas, ela também pratica corrida, caminhada, surf, tênis de mesa, além de ser instrutora de Yoga, acupunturista e fisioterapeuta.

Júlia Emanuele da Silva - Karatê

A atleta e treinador agradecem o apoio da PMJS. Foto: Secel

A karateca jaraguaense Júlia Emanuele da Silva é faixa marrom no esporte e com 14 anos já está vivendo momentos de glória dentro da modalidade, treinando no Instituto Heller de Karate.

No início de setembro, ela conquistou dois títulos no Campeonato Brasileiro de Karatê, que aconteceu na cidade de Santa Cruz do Sul (RS). A competição foi promovida pela Federação Brasileira de Karatê e organizada pela Federação Gaúcha de Karatê Shotokan.

A competição contou com a presença de mais de 300 atletas, de 12 estados, mas Júlia se destacou ao conquistar a medalha de ouro no "Kata", categoria 13/14 anos e no "Kumite", categoria acima de 47 quilos.

A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) está analisando a possibilidade de ampliação do quadro de profissionais do programa Bolsa Técnico Desportivo, entre elas o karatê, que está sendo muito procurado pela população.

Reconhecimento mundial

Taila Santos - MMA

A lutadora acumula diversas conquistas. Foto: Arquivo Pessoal

Protagonista de uma história de muita dedicação, Taila Santos precisou enfrentar inúmeros obstáculos para se tornar uma grande atleta no MMA.

O pai da atleta é professor de muay thai, mas ela só começou a treinar na modalidade aos 13 anos, quando o pai a inscreveu em um campeonato na academia Chute Boxe de Curitiba. Depois da vitória, a família começou a investir nos treinos de jiu-jítsu para depois passar para o MMA.

Em 2019, a brasileira foi contratada pelo UFC, após se destacar no reality show “Contender Series”. Atualmente com 29 anos de idade, ela acumula diversas vitórias na categoria.

Simone Ponte Ferraz - Atletismo

A corredora já disputou diversas competições. Foto: Wagner Carmo CBAt

Nascida em Ponte Serrada, mas radicada em Jaraguá do Sul há 16 anos, desde 2006, Simone Ponte Ferraz transformou a cidade em um verdadeiro lar. A atleta de 31 anos apresentou uma grande evolução e atualmente é a primeira representante da cidade em uma Olimpíada.

Com diversos recordes estaduais e muitas conquistas em eventos nacionais e continentais, a corredora é um dos maiores nomes do atletismo catarinense de todos os tempos.

Filipe Luis - Futebol

O atleta é o maior jogador de futebol da história de Jaraguá do Sul. Foto: Flamengo

O atleta é o mais lembrado quando se fala em Jaraguá do Sul! Ele viveu toda a infância na cidade, onde começou a carreira no futsal. O talento do jogador logo chamou a atenção, o que o levou a ser convocado para a seleção catarinense sub-15. Foi então que foi notado também pelo Figueirense, que o contratou em 2003 para as divisões de base do futebol de campo. Desde então, a carreira alavancou e o jogador teve passagens pela Europa e conquistou diversos títulos.

Atualmente, Filipe joga na posição de lateral pelo Flamengo, time que ele tem contrato até o fim de 2022. Já conquistou títulos como Libertadores, Recopa Sul-Americana, dois Brasileiros, duas Supercopas do Brasil e dois Estaduais. Ele é um dos veteranos do time, formado ao longo dos últimos anos. Marcos Braz, vice-presidente de futebol do clube, já foi questionado sobre o contrato com o jogador e deixa claro que a relação dele e do time com Filipe é acima da média, revelando um possível interesse em manter a parceria.

Após toda a infância em Jaraguá, ele se tornou o maior jogador na história do futebol da cidade e até hoje não esquece as raízes e carinho que tem pela terra natal, prova disso é o Centro Esportivo Filipe Luís, projeto que busca talentos e contribui para o desenvolvimento do esporte e formação de jogadores na cidade.