O uso racional de medicamentos é um dos assuntos mais discutidos entre os profissionais farmacêuticos. O ponto chave não é o simples fato de a comunidade ter o acesso ao medicamento, mas que todos usem com segurança e que aproveite o máximo seus benefícios, diminuindo também os prejuízos que possam trazer.
Mesmo que sejam medicamentos de segurança relativamente aceitável, como para um simples resfriado, azia, ou dor de cabeça corriqueira, é importante que um farmacêutico seja consultado antes, afinal todo e qualquer medicamento possui contra indicações e pode reagir com outros que a pessoa possa estar tomando.
De acordo com o farmacêutico Adriano Medeiros, os medicamentos existem sob várias formas, e cada uma delas serve para facilitar a administração, garantir a precisão da dose, proteger a substância durante o percurso pelo organismo, garantir a presença no local da ação e facilitar a ingestão da substancia ativa.
Um exemplo é a pratica comum da partição de comprimidos. É importante esclarecer que comprimidos revestidos (aqueles com revestimentos mais brilhante e coloridos) não devem ser partidos, pois o revestimento existe para liberar o ativo de maneira diferenciada, garantir o efeito e a duração esperada, e diminuir alguns efeitos adversos. "Ou seja, a partir do momento que partimos estes comprimidos acabamos com a estratégia preparada", explica Medeiros
O armazenamento é o outro aspecto importante para o uso racional dos medicamentos. Mantê-los em local seguro, fora do alcance das crianças, protegidos do calor e da umidade, pois estes podem perder sua eficácia e segurança e mesmo estando dentro do seu prazo de validade.
Em caso de outras dúvidas, o Sesi oferece os serviços farmacêuticos, você pode procurar as unidades de farmácia nas cidades de Jaraguá do sul que fica na Rua Walter Marquardt, 835, no bairro Barra do Rio Molha e no centro na Marechal Deodoro da Fonseca 635, e em Guaramirim na Rua 28 de agosto 560, e se informar. Lembrando que os trabalhadores da indústria tem preços diferenciados. O telefone para contato é 3372-9407 e 3371 9998.
Fonte: Sesi Jaraguá do Sul