Foto Eduardo Montecino/OCP News
Foto Eduardo Montecino/OCP News

Nesta semana, o OCP Online publicou uma matéria explicando como a WEG concentra hoje 1,3% do mercado de ações no Brasil. A reportagem, de Pedro Henrique Leal, destacou que, nos últimos 18 anos, as ações da WEG tiveram uma valorização de 5.910%, passando de R$ 0,38 em janeiro de 2000 para R$ 22,75 na última sexta-feira.

O consultor financeiro da Sherpa Wealth Guides, Rafael Lehmkuhl, ajudou o pessoal a fazer as contas sobre qual seria o valor atual caso um investimento tivesse sido feito na década de 1990. “Se em 1994 um trabalhador da WEG tivesse investido R$ 10 mil em ações da empresa, hoje ele teria R$ 5,2 milhões”, explicou.

Nós ficamos impressionados com os números e também muito curiosos para saber qual seria o valor atual caso o investimento fosse de uma "quantia que coubesse no bolso". Dá uma espiada nos dados que o Rafael Lehmkuhl nos passou:

 

  • Se você tivesse investido R$ 50 nas ações da WEG em 1994, você teria hoje 26 mil reais;
  • Se você tivesse investido R$ 100 nas ações da WEG em 1994, você teria hoje 52 mil reais;
  • Se você tivesse investido R$ 500 nas ações da WEG em 1994, você teria hoje 260 mil reais;
  • Se você tivesse investido R$ 1000 nas ações da WEG em 1994, você teria hoje 520 mil reais.

 

E, claro, se você tivesse investido R$ 10.000 nas ações da WEG em 1994, você teria hoje 5,2 milhões de reais!

Estes valores não consideram os dividendos e novos aportes. Portanto, o valor total seria ainda maior! "Fica difícil fazer a conta, pois teria que calcular o preço da ação em cada nova compra, mas seria um número gigantesco", explica o consultor.

As nossas contas aqui não são pra gerar arrependimento em ninguém, mas para mostrar como um investimento pode ser um bom negócio. Segundo Rafael, a educação financeira está longe da ideal por grande parte dos brasileiros, mas isso está mudando.

"As oportunidades estão aí e você escolhe entre perder tempo com futilidades ou aprender a investir", declara Rafael Lehmkuhl. Ele destaca ainda outras empresas catarinenses listadas na bolsa de valores: Celesc, Schulz, Cia Hering, WEG, BRF Foods, Tupy e Karsten.

E aí, vale ou não pensar duas vezes quando o assunto é investimento? Quer saber mais sobre este tema? Então, procure as orientações da Sherpa Wealth Guides. Eles têm cursos voltados para todos os níveis de conhecimento do mercado financeiro.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger