Comércio tem saldo negativo nos dois primeiros meses do ano

Foto: Piero Ragazzi / Arquivo OCP

Por: OCP News Jaraguá do Sul

15/04/2016 - 10:04 - Atualizada em: 15/04/2016 - 10:29

O setor comercial de Jaraguá do Sul fechou os dois primeiros meses do ano com saldo negativo na geração de emprego. Na comparação entre admitidos e demitidos, houve um saldo negativo de 10 vagas. Em janeiro e fevereiro foram 898 admitidos contra 908 demitidos, segundo o Sine (Serviço Nacional de Emprego) de Jaraguá do Sul.

O responsável pelo Sine, Márcio da Silveira, explica que fevereiro fechou com 7.403 vagas no comércio varejista, 1.607 no segmento atacadista e 1.360 em vagas referentes ao comércio e representação de veículos, totalizando 10.370 postos de trabalho em funcionamento na cidade.

Dados gerais do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), relacionados aos dois primeiros meses do ano, indicam, no entanto, que foram 4.318 admitidos e 4.251 demitidos em Jaraguá do Sul, de todos os setores, resultando em um saldo positivo de 67 vagas. Apesar da marca, o momento ainda não é de comemoração. “Nos últimos 10 anos, é o pior resultado de admissão e demissão”, declara Márcio Silveira.

Até ontem, o Sine, através do website do Instituto Jourdan (www.jourdan.org.br), oferecia 26 vagas na cidade. Destas 26, apenas sete para atuação no comércio. “Sempre o impulsionador é a indústria e isso reflete nas vagas do comércio”, reforça o responsável pelo Sine.

Os dados relacionados a emprego e desemprego de março devem ser divulgados somente no dia 20 de abril pelo Caged. A expectativa é de estabilidade.