Fotos Fabrício Porto
Fotos Fabrício Porto

Mesmo sendo um dos fundadores do modernismo na cena teatral, o dramaturgo norueguês Henrik Ibsen não poderia imaginar que ao escrever “Um Inimigo do Povo”, em 1882, a peça seria ainda tão contemporânea em pleno 2019.

E foi esse espetáculo intrigante que a Cia. Rústico Teatral, de Joinville, escolheu para comemorar seus 11 anos, com uma temporada que estreia neste sábado (11), às 20 horas, no Galpão de Teatro da Ajote, e fica neste espaço todos os sábados e domingos de maio. Os ingressos antecipados estão à venda AQUI.

A história se passa em uma pacata cidade na costa da Noruega, onde o dr. Thomas Stockmann acaba de fazer uma importante descoberta: as águas do balneário local, base da economia da cidade, estão infectadas. Sob forte represália do prefeito (seu irmão Peter), Thomas decide revelar a notícia à população, ainda que o futuro de sua família e sua reputação estejam ameaçadas.

Um dos destaques desta montagem é a direção de Daniel Olivetto, da Cia. Experimentus Teatrais, de Itajaí. Para ele, a possibilidade de reler um clássico como “Um Inimigo do Povo” tem sido uma experiência fundamental nesse momento, pois nos faz lembrar que a sede por poder, a corrupção e a inversão de valores diante da verdade são temas presentes em toda a nossa ancestralidade.

“O convite que fizemos ao Daniel Olivetto para assumir a direção do espetáculo inaugura uma nova etapa na Cia. Rústico, pois a companhia assume o fato de não ter mais um diretor interno, papel que desempenhei desde a sua criação, há 11 anos", explica Samuel Kühn, ator da companhia e proponente do projeto da montagem do espetáculo no Simdec.

Samuel comemora ainda o fato de o grupo festejar “mais de uma década em meio a tanta hostilidade frente à cultura”, e tendo nove atores, o que possibilita a montagem de textos clássicos. Além dele, estão no elenco Alex Maciel, Betina Schreiner, Carol Spieker, Grazi Sousa, Leonardo Baia, Tainara Voit e Vinicius da Cunha.