www.ufla.br
www.ufla.br

O tempo voa, e quando você menos esperar, a Feira do Livro de Joinville estará novamente batendo à porta. A 16ª edição, marcada para de 7 a 16 de junho no Expocentro Edmundo Dobrawa e arredores, vai aos poucos tomando forma e, claro, convidando escritores para sua programação.

Uma das autoras já confirmadas é a mineira Dora Guimarães (foto no alto), uma das mais importantes contadoras de histórias do Brasil, interpretando Carlos Drummond de Andrade, Marina Collasanti, Isabel Allende, García Márquez, José Saramago e, sobretudo, João Guimarães Rosa. Dora também é coordenadora e diretora do Grupo Miguilim de Contadores de Estórias, formado por adolescentes especializados na narração de textos de Guimarães Rosa.

Outras atrações serão João Marcos Pereira Mendonça, do estúdio de Mauricio de Sousa, que irá ministrar uma oficina de quadrinhos; e o escritor Luiz Antônio Aguiar, que apresentará o painel “Literatura de Terror: Monstros e Assombros do Clássico ao Pop”.

Com Portugal como país homenageado, a Feira do Livro de Joinville deste ano novamente luta contra as restrições financeiras. O evento foi aprovado pela Lei Rouanet, mas captou pouco até agora, e ainda aguarda o resultado do Simdec.

“Trabalho com a esperança de conseguir mais apoio, de manter pelo menos o tamanho do ano passado”, diz Sueli Brandão, presidente do Instituto de Cultura e Educação, que promove a feira.