Solstício de inverno: entenda por que hoje é o dia mais curto do ano

Foto: Reprodução internet

Por: Elisângela Pezzutti

21/06/2023 - 14:06 - Atualizada em: 21/06/2023 - 16:21

O inverno começou exatamente às 11h57 (pelo horário de Brasília) desta quarta-feira (21). Esse início da estação é marcado pelo solstício de inverno no hemisfério sul, enquanto na parte norte do globo terrestre ocorre o solstício de verão.

Em função deste evento astronômico, o hemisfério sul recebe menos radiação solar em comparação ao hemisfério norte. Com isso, o dia apresenta a menor duração em horas do que a noite, sendo o dia mais curto e a noite mais longa do ano no hemisfério Sul, enquanto ocorre o contrário no hemisfério norte.

As estações do ano têm relação com a inclinação do eixo do planeta, considerando a sua órbita e movimento em torno do Sol.

Termo tem origem no latim

O termo “solstício” tem origem latina e significa “sol parado”. No passado, ao observar a trajetória do sol, astrônomos perceberam que, a cada dia, a sua posição no céu ao meio-dia no céu mudava.

Esta posição ia ficando cada vez mais alta no céu até atingir um ponto máximo, quando o sol então parecia “parar”. Em seguida, a localização começava a diminuir e também “estacionava” antes de começar a subir novamente. Esses momentos de “parada” correspondem aos solstícios de verão e de inverno.

“As estações do ano ocorrem devido à inclinação do eixo da Terra em relação ao seu plano de órbita e também devido à sua translação em torno do sol. O início das estações do ano é associado aos instantes dos solstícios, inverno e verão, e dos equinócios, outono e primavera”, explica Josina Nascimento, astrônoma do Observatório Nacional – unidade de pesquisa vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

*Com informações do Ministério da Ciência e Tecnologia

Notícias no celular

Whatsapp