Nascido no início dos anos 70, tive a oportunidade de ver vários títulos recebidos por nossa querida Jaraguá do Sul, entre eles, a Capital da Malha, capital do Motor Elétrico, Capital dos Chapéus e por aí vai...Sou de uma época em que nossa cidade tinha em torno de pouco mais de 100 mil habitantes e tantas coisa aconteciam. Certas delas, deixam saudades e ficarão eternamente guardadas na memória de quem viveu aqueles bons tempos da nossa Jaraguá.

Das coisas que eu lembro era as corridas no Motódromo, que enchiam nossos domingos de adrenalina, reunindo a juventude e muitas famílias em torno do evento que movimentava o espaço pertencente ao amigo César Silva, que se situava às margens da BR 280, um pouco antes de chegar em Nereu Ramos.

Já na minha adolescência e juventude, o evento que balançava a cidade era a Feira da Malha, que acontecia sempre no mês de julho, unindo-se as festividades do aniversário da cidade. A Feira da Malha, além de proporcionar diversão para o pessoal da cidade, atraía turistas de todos os cantos do Brasil, justamente pelos expositores e a qualidade da malha produzida em Jaraguá, bem como por suas atrações paralelas como shows, bailes, gastronomia, desfiles, tudo que um evento com aquele porte poderia ter.

Ah, os tempos dos shows na praça, da choperia que tinha por lá e que atraía a galera mais descolada da city no início dos anos 90, o Motogiro que também agitava a praça, que bom que vivi essa época, pois agora são só lembranças.

Hoje a cidade praticamente dobrou a população e que títulos possuímos? Capital da Malha? Dos Motores Elétricos? Dos grandes eventos? A resposta é não! Parece que ao invés de progredir estamos regredindo.

Os grandes shows já não existem mais, Casas Noturnas? Uma ou duas...e quem pensa em fazer alguma coisa diferente esbarra numa série de questões burocráticas, que parecem terem sido criadas justamente para dificultar quem resolve fazer algo diferente que possa ameaçar o único título que eu penso que ainda possuímos que é a “Cidade Trabalho”.

Trabalho é necessário, mas para o povo que trabalha, se faz necessário também o lazer. Afinal de contas nós também precisamos nos divertir”.

 No Pirata

Neste sábado acontece a 1ª edição do Rock Jaguara no Pirata

Final de semana chegando e a embarcação do rock preparando como sempre, com todo o carinho, os agitos para esta sexta-feira e sábado.

Nesta sexta-feira (21) quem faz a festa é a banda Rock 50 de Barra Velha, que traz aquele clima de nostalgia com um repertório com as melhores músicas de todos os tempos.

No sábado (22) rola a 1ª edição do Rock Jaguara, tendo como objetivo principal, valorizar a cena do rock local, com o som de bandas autorais e com cover de clássicos do rock. A noite terá o comando das bandas Saporra, Fuck Hand Sex Core e Rockfellers.

Lembrando que a renda da bilheteria será revertida para uma causa social.

Vale lembrar que a censura da casa é de 18 anos, sendo que menores devem ser acompanhados pelos pais. Obrigatória apresentação de documento com foto.

Maiores informações podem ser obtidas pelo fone: 47 98407 9266.

Rooster Empório

Neste sábado, o acústico com Jony Sebastian no Rooster.

No bar mais galo da cidade o agito também não para, como sempre o amigo Beto e sua equipe preparando um final de semana com muita alegria, boa comida e chopp sempre gelado.

Para este sábado (22), o som irá fica por conta de Jony Sebastian acústico, que traz na bagagem o melhor do pop rock nacional e internacional.

Lembrando também que o Rooster possui serviço de delivery, levando até o aconchego do seu lar, as delícias do cardápio da casa. Basta ligar para o telefone (47) 99907 8799.

Para quem ainda não conhece, o Rooster fica colado na cabeceira da ponte da Rede Feminina de Combate ao Câncer.

The John

No The John, a irreverência e musicalidade da banda Código de Bar , no arraiá junino no sábado.

Na sexta-feira (21) a TREË bota o The John pra dançar, sendo que a música eletrônica invade uma vez mais a casinha da Domingos da Nova. Nas pickups o Dj MATCHOS, que vem detonando tudo e colocando a galera pra dançar.

No sábado (22) o clima das festas juninas invade a área do The John. No palco a banda CÓDIGO DE BAR vem para agitar a galera com um modão de São João no terreiro do The John. Vai rolar quentão, pipoca. Vai ter um festão! E pode preparar a fantasia pra noite mais do que especial, numa dessas, até rola um casamento caipira.

Patuá Fresh Lemon

O Bailinho do Olímpia na versão Fresh Lemon acontece na Patuá, no sábado.

A Patuá Music abre suas portas neste sábado (22) Para mais uma edição do Bailinho do Olímpia dessa vez com a versão FRESH LEMON PARTY, com muita caipirinha e mega funk, no comando dos DJ´s Felipe Adriano, Will Petry [RESIDENTE], Aron Kawillian, Jonats Felipe [FLUXO], Ditmar SC [RESIDENTE], Eloir Dias [FLUXO] e Pauli.

O palco interno será liberado, e o Bailinho do Olímpia é o responsável por apresentar as lendas do Mega Funk, para mais uma noite inesquecível.

Garanta já seu ingresso antecipado ou a reserva da mesas e camarotes, pelo WPP: (47) 99217 7358 e WPP: (47) 99608  0916.

Baile de Gala da PM

A 5ª edição do Baile de Gala da Polícia Militar , acontece em agosto, no Baependi.

Está tudo sendo preparado com a maior dedicação e capricho a 5ª edição do Baile de Gala da Polícia Militar que irá movimentar o salão nobre do Clube Atlético Baependi.

O tradicional baile só acontece no dia 09 de agosto, porém, as mesas e convites já estão sendo comercializados tamanha é a procura para o concorrido evento (vale ressaltar que existem poucas mesas disponíveis). Quem irá animar p evento será a banda In Natura.

Maiores informações e aquisição de mesas e convites através do fone: (47) 3276. 9109 ou no e-mail 14bsecretaria@pm.sc.gov.br

fica o convite.

Vamos embora, porque a litorina não espera.

Até semana que vem!