Mamãe, mamãe!

“Misericórdia”, “Leva o casaco que vai esfriar”, “Se eu for aí e achar, esfrego na sua cara”, "Me responde de novo, que eu te quebro os dentes" ou ainda, "Isso não é um quarto, é um chiqueiro!" Quem nunca ouviu alguma dessas frases algum dia de sua vida? Parece que são frases padronizadas que toda mãe diz, disse ou ainda dirá!

Lembrei de uma situação que um dia aconteceu comigo...

Sempre tive meus cadernos muito bem cuidados, escrevendo neles com o máximo do capricho. Títulos sublinhados, algo que merecia destaque ressaltado em cores diferentes e esquemas primorosamente formulados para compreender como proceder em determinada situação.

Certo dia eu participando de uma reunião no meu local de trabalho, estava presente uma pessoa do alto escalão hierárquico da Companhia em que eu trabalhava. Esta pessoa sentou-se ao meu lado e começou a falar sobre os procedimentos que deveríamos tomar referente a uma determinada situação.

Neste momento abri meu caderno para anotar o que ela falava. Enquanto folheava meu caderno para começar a anotar, ela simplesmente parou de falar, olhou para os demais profissionais que participavam da reunião, olhou novamente para o meu caderno, olhou para mim e disse: “Não pude deixar de prestar atenção no capricho do seu caderno, Parabéns! ”

Imaginem como fiquei recebendo um elogio desses de uma pessoa com um cargo tão importante dentro da Instituição que eu trabalhava. Fiquei feliz da vida e ao chegar em casa, fui correndo contar para meus pais o elogio que recebera pelo meu capricho. Foi quando minha mãe soltou essa: “Diz pra ela vir aqui em casa ver o teu quarto e o teu banheiro pra ver se tu és tão caprichoso assim...”

Pronto, aquilo foi como um balde de água fria na minha alegria (tudo bem que meu quarto e meu banheiro estavam um pouco bagunçados), mas isso são coisas próprias de mães! De não se contentarem com o que estão vendo, de querer sempre mais e o melhor para seus filhos.

Preciso confessar uma coisa para vocês. Até o ano 2014, nunca tive um bom relacionamento com minha mãe. Sempre fui devoto de Nossa Senhora e pedia a ela que eu pudesse ao menos dar um beijo, um abraço na minha mãe, que não fosse por obrigação por causa de uma data especial, como aniversário, Dia das Mães e por aí vai.

No dia 24 de maio de 2014 (um sábado), fui falar para alguns jovens sobre Nossa Senhora, mal sabia eu o que o destino estava preparando para nós. No dia 27, ou seja, na terça-feira seguinte, de súbito, minha mãe sofreu um AVC e tudo mudou. Aquele furacão que era minha mãe, passou a depender dos nossos cuidados (logo ela que era tão exigente e rigorosa naquilo que fazia).

Foi quando eu comecei a ver minha mãe com outros olhos. Aquela figura muitas vezes severa, tornara-se uma pessoa frágil, doce e dependente de todos nós. Aquela pessoa que estava sempre na frente de tudo, agora precisava de ajuda para alimentar-se, vestir-se e cuidar de sua higiene pessoal, banho e até mesmo das tarefas mais simples. Por isso tudo, hoje entendo o valor de uma mãe.

Vejam só, quando eu falava de Nossa Senhora, sentia que faltava alguma coisa para entender a magnitude e o valor que ela tinha na vida de seu filho Jesus, aquela coisa que fala na canção do Padre Zezinho: Maria de Nazaré, “Maria que fez o Cristo Falar, Maria que fez Jesus caminhar”.

A mãe sempre esteve e está à frente, é a responsável por fazer com que os planos de Deus aconteçam, tudo isso através da sua humildade, sabendo a hora certa de falar ou calar.

Nossas mães trazem consigo muito dos traços de Maria, que soube diminuir-se para que seu Filho pudesse crescer.

Bem, se eu fosse falar tudo o que penso, com certeza teria que dividir meu texto em capítulos.

Aproveito então para deixar meu carinho aqui para minha Mãe e para todas as mamães pelo seu dia!

Um beijo no coração de vocês.

-

No Pirata

O Reggae come solto nesta sexta-feira com a banda Espírito Rasta, no Pirata Rock Bar.

Atenção marujos, içar velas que o navio está partindo para mais uma viagem musical num clima totalmente descontraído com muita cerveja gelada, várias mesas para uma partidinha de sinuca e vários amigos a bordo. E tem mais, nesta sexta-feira (11), rola um super tributo a Bob Marley, com a banda ESPIRITO RASTA, que traz no repertório músicas autorais e os clássicos do reggae.

No sábado (12), os amigos Lê, Tiago e Alisson, que formam a banda CAMALEÃO ROBÔ é que irão comandar a festa no Pirata. No repertório os clássicos do rock num mix com canções autorais.

E no domingo (13), para encerrar a semana com chave de ouro, o pop e reggae de CHICO S. agitando o palco do Pirata.

Vale lembrar que a censura da casa é de 16 anos, sendo que menores de 16, devem ser acompanhados pelos pais. Obrigatória apresentação de documento com foto.

Mais informações podem ser obtidas pelo fone: (47) 9 8407-9266.

-

Rooster Empório

Tem promoção do Dia das Mães no Rooster.

O “Bar do Galo”, preparando mais um final de semana daqueles. Com vários rótulos de cervejas entre nacionais e importadas, gastronomia de primeira e com promoção para o Dia das Mães. Trazendo sua mãe para uma esticadinha na night, o Burguer dela sai por R$9,90. E dá ainda pra mamãe escolher, vocês podem vir na sexta-feira (11) e curtir o som do XANDE RHOS de Joinville ou no sábado (13), assistir a DA LOU também da cidade dos Príncipes.

Para quem ainda não sabe, o Rooster fica colado na cabeceira da ponte da Rede Feminina de Combate ao Câncer.

 

Macarronada do Emaús

A tradicional Macarronada de Corpus Christi promovida pelo Movimento Emaús, acontece no próxi-mo dia 31.

O Movimento Emaús, está preparando com todo carinho a sua tradicional Macarronada que irá acontecer no próximo dia 31, Corpus Christi, no salão de festas Padre Dehon, da Igreja São Sebastião.

A Macarronada contará com um buffet com 3 tipos de molhos e 2 tipos de massas.

Os convites antecipados estão sendo vendidos a R$15,00 na Secretaria Paroquial ou com os membros do Movimento de Emaús. No dia, o valor será de R$17,00 por pessoa.

Fica o convite!

-

MC Don Juan

MC Don Juan é a atração do próximo dia 19, na Patuá.

A Patuá Music confirmou mais um show nacional. Dessa vez quem vem para tocar no palco da casa é o MC Don Juan, cantor de hits como “Oh novinha”, “A gente brigou”, “Amar, amei” e “Se eu tiver solteiro não vou perdoar ninguém”. Para o povo que curte funk é uma pedida daquelas! Além do Don Juan, vai rolar ainda MC Paulista e Felipe Adriano.

O show acontece no próximo dia 19. Os ingressos já estão disponíveis nos seguintes locais: Posto Cidade Centro, Radio Studio FM, Pizzaria Toscana, Posto 28 em Guaramirim ou pelo site da Ingresso Nacional.

Maiores informações e reservas pelo telefone (47) 9 9608-0916

Vale lembrar que o show tem Censura 16 anos, menores de 16 anos entram acompanhados somente por Pai ou mãe.

-

Maga Revival

Baependi lotado no Mega Revival Notre & Marrakech.

Gente, o que foi aquela festa? Tudo dentro dos conformes, música boa lembrando os bons tempos da Notre e da Marrakech. Isso sem falar na oportunidade de encontrar com pessoas que não víamos faz tempo.

Com certeza, uma noite para ficar gravada na memória, uma festa que deverá se repetir mais e mais vezes. Parabéns a equipe People Arte, na pessoa do Castro, e aos meus amigos César Silva (eterno Senhor da Noite jaraguaense) e Marcelo Luís.

E já fica a sugestão para anotar na agenda. No dia 6 de outubro, vai rolar a Festa a Fantasia.

-

Vamos embora, porque a litorina não espera.

Até semana que vem!