Foto Rovena Rosa/Agência Brasil
Foto Rovena Rosa/Agência Brasil

O que ocorreu em Suzano, em São Paulo, é algo inaceitável! Não tem como assistir as cenas de horror que lá ocorreram sem no mínimo ter vontade de dar uma surra naqueles moleques. Mas, afinal, o que levou eles a fazer isso? Fora alguns traços de demência e psicopatia?

Um deles disse que sofria bullyng, por causa das espinhas que tinha. Isso justifica? Claro que não! Mas, será que os pais em nenhum momento perceberam a atitude estranha desse rapaz? Nas redes sociais, ele dava claros indícios de que era doido, como ninguém acompanhava isso?

Em uma notícia postada sobre a morte, outros diversos pirralhos fazem menções honrosas, parabenizando os dois pelo crime, e dizendo que queriam fazer algo semelhante, e eu pergunto: Onde estão os pais desses outros guris para olhar isso e dar um tapa na boca, um corretivo, uma boa conversa reparadora de conduta?

Isso é coisa ou de filho mimado ou de filho abandonado, sem nenhuma assistência familiar. Que sirva de exemplo para que os pais prestem mais atenção no comportamento de seus filhos e no que eles andam fazendo na internet.

Assalto cinematográfico

O assalto que ocorreu em Blumenau, novamente, levanta uma questão: até onde esses vigilantes estão seguros? A blindagem do carro foi perfurada com o uso de uma metralhadora ponto 50, utilizada somente pelas forças armadas para derrubar aeronaves.

E foi essa mesma arma que teve um projétil que atravessou uma parede e matou uma inocente que lanchava.

Esse pessoal normalmente não vem para matar, somente para roubar, mas dessa vez, foi totalmente ao contrário, vieram no estilo esquadrão da morte, atirando em quem vissem pela frente, e com tudo muito bem planejado.

Se é que levaram mesmo os R$ 13 milhões, devem estar sorrindo a toa, mas, creio que por pouco tempo.

Por mais que tenham sido organizados, e que tenham contado com informações privilegiadas, alguém sempre deixa um rastro, por menor que seja.

Quanto aos seguranças, eles precisam de armas melhores! Não podemos aceitar um guarda enfrentar um bandido de metralhadora AK47 com um revólver 38.

Até quando

Esses crimes graves só serão praticados enquanto os bandidos tiverem a certeza da impunidade. Quando tivermos leis mais severas, eles terão sem dúvida uma pulga atrás da orelha.

Nesse caso do assalto, se forem pegos, podem responder por homicídio, dupla tentativa, assalto, posse de arma de uso restrito e muito mais, com penas que extrapolam o máximo permitido do país.

Bom, que apodreçam na cadeia com o dinheiro que roubaram confiscado pela justiça. Não duvido que acabem presos e usem esse mesmo dinheiro para pagar os advogados.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?