O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) fechou o primeiro trimestre de 2018 com um lucro líquido de R$ 2,06 bilhões.

O resultado, divulgado nesta terça-feira,  é resultado de queda de despesas com provisão e na inadimplência, além do crescimento de R$ 322 milhões do resultado com derivativos embutidos em debêntures.

Também influenciaram o resultado o crescimento de R$ 209 milhões nas alienações de participações societárias e o aumento de R$ 183 milhões na receita com dividendos e juros sobre capital próprio.