Segundo uma pesquisa da Boa Vista SPC realizada nos seis primeiros meses de 2019, 57% dos consumidores, independentemente de estarem ou não inadimplentes, deixariam de pagar primeiro as contas originadas por boletos e carnês, assim como as demais despesas supérfluas, na hipótese de queda da renda familiar.

Pouco mais de 2.200 consumidores, segmentados em inadimplentes e adimplentes, responderam à Pesquisa Perfil do Consumidor, realizada de modo online ao longo do 1º semestre de 2019.

Carne sobe

O valor pago por restaurantes, lanchonetes, supermercados e outros estabelecimentos comerciais de Santa Catarina pelas carnes de frango, bovina e suína deve aumentar 6% a partir desta segunda-feira (2).

Para o consumidor final, o aumento ficará entre 8% e 9%, conforme o repasse de cada estabelecimento.

A mudança de preço ocorre porque as distribuidoras terão que repassar a alta do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) causada pelo corte de incentivos fiscais ao setor.

Reforma tributária

Na última sexta-feira (30), o presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar, defendeu a diminuição do tamanho do Estado brasileiro e disse que a reforma tributária tem que contemplar o setor produtivo, a sociedade e as necessidades do governo.

Embarque internacional

O governo federal planeja acabar com a taxa adicional para embarque internacional, Equivalente a US$ 18, o adicional é cobrando junto à taxa de embarque nos principais aeroportos do país.

De acordo com o secretário nacional de aviação civil, Ronei Glanzmann, em entrevista ao portal G1, a medida pode entrar em vigor já em setembro.

PIS

A Caixa Econômica Federal começou a pagar nesta segunda-feira (2) os recursos das cotas do Fundo PIS para cotistas que não têm conta no banco e que tenham menos de 60 anos.

São 10,4 milhões de trabalhadores com direito ao saque das cotas do PIS em todo o Brasil. O pagamento das contas poderá movimentar até R$ 18,3 bilhões, estima a Caixa Econômica Federal.

Reestruturação na WEG

A WEG deve passar por mudanças na estrutura da unidade de motores a partir de janeiro do no que vem. A mudança foi aprovada pelo conselho de administração da empresa.

Após a saída de Luis Alberto Tiefensee do posto de diretor superintendente de WMO, a divisão será desmembrada em duas: WEG Motores Industrial e WEG Motores Comercial e Appliance.

Projeção para economia sobe

O mercado financeiro aumentou a projeção para o crescimento da economia e reduziu a estimativa de inflação para este ano.

Segundo o boletim Focus, pesquisa divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), a previsão para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi ajustada de 0,80% para 0,87% em 2019.

Segundo a pesquisa, a previsão para 2020 permaneceu em 2,10%. Para 2021 e 2022 também não houve alteração nas estimativas: 2,50%.

Atendimento presencial

Os bancos não podem deixar de atender clientes presencialmente, mesmo quando estiver disponível o atendimento em outros canais. A determinação é do Banco Central (BC), que publicou nesta segunda-feira (2) no Diário Oficial da União a resolução nº 4.746.

Essa medida foi definida na reunião do Conselho Monetário Nacional, no último dia 29. De acordo com a resolução, é “vedado às instituições impedir o acesso, recusar, dificultar ou impor restrição ao atendimento presencial em suas dependências, inclusive em guichês de caixa, a clientes ou usuários de produtos e de serviços, mesmo quando disponível o atendimento em outros canais”.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger