Para cada grupo de vizinhos há um policial que administra a rede

Para cada grupo de vizinhos há um policial que administra a rede

Com intermédio do vereador Eugênio Juraszek (PP) acontece besta quarta-feira, dia 23, uma reunião no salão da Igreja Martin Lutero com a presença de representantes do 14° Batalhão da Polícia Militar e da comunidade para oficialização do grupo da rede de vizinhos na região do Garibaldi. A insegurança na área rural tem sido motivo de preocupação e atuação constante do parlamentar.

Segundo o major Piloneto, o município tem hoje 24 redes funcionando, outras quatro, incluindo a do Garibaldi, estarão ativas até junho. E também já estão programados outros cinco eventos de sensibilização em outros bairros do município.

A iniciativa interliga moradores e a PM através do WhatsApp e vem dando bons resultados para segurança pública.

Até agora, todos os grupos existentes são residenciais. Mas Piloneto conta que na última segunda-feira aconteceu uma reunião para formação da primeira rede comercial, que deve funcionar na Barra do Rio Cerro. Os comerciantes da localidade reclamam da ação de marginais e do crescente número de roubos e furtos.

Na prática, a ferramenta funciona para troca de informações. Toda movimentação suspeita na vizinhança é divulgada por mensagens.  Cada grupo conta com a participação de um policial, que exerce o papel de administrador da comunidade.

A rede de vizinhos é uma das estratégias da PM, que já funciona também na rede municipal de educação, deve em breve incluir as escolas estaduais e depois disso ganhar canais de proteção às mulheres. É a tecnologia sendo utilizada de maneira inteligente.

 

Financiamento coletivo

Na onda do Novo e da defesa de que são os apoiadores das propostas que devem bancar voluntariamente os partidos e não os cofres da União, o pré-candidato a deputado federal pela sigla, Leandro Schmöckel Gonçalves foi o primeiro da região a divulgar sua plataforma de arrecadação. No site www.apoia.org dá para saber como participar e ajudar. Está é a primeira eleição da vaquinha virtual, chamada de crowfunding, comum nas eleições norte-americanas. No país, até agora, João Amoêdo (Novo) e Manuela DÁvila (PCdoB) são os recordistas de arrecadação coletiva, um elo mais forte entre eleitor e candidato.

 

Áreas de risco

Vereador Marcelindo Gruner (PTB) voltou a criticar a Defesa Civil do Estado pelo que chamou de negligência com as áreas de risco de Jaraguá do Sul. Algumas residências estão interditas desde 2009 sem uma nova vistoria. O vereador Ademar Winter (PSDB) fez coro à crítica e lembrou que diretores do órgão estiveram na Câmara em 2017 e asseguraram que um novo estudo seria feito para mapear as áreas de risco na cidade, mas até agora, o novo levantamento ficou só na promessa.

 

Obras em tempo real

O secretário de Obras Onésimo Sell tem divulgado em tempo real todas as atividades da pasta. Pelo whatsapp, os responsáveis pelos serviços mandam foto e descrição do que está sendo feito pela cidade. Patrolamento, roçada, colocação de tubos, limpeza, fechamento de buracos, tudo é documentado e divulgado. Boa iniciativa, dá transparência.

 

Suspensão da CNH

O Ministério Público do Estado ajuizou ação direta de inconstitucionalidade (ADI) contra a Lei Estadual n. 17.403/2017, que determina que para a aplicação da suspensão do direito de dirigir o processo administrativo deve ser instaurado pelo Detran no mesmo exercício civil em que ocorrer a notificação da penalidade, sob pena de arquivamento do caso. Segundo o MP, na hipótese do infrator ser notificado, por exemplo, no dia 15 de novembro, haveria pouco mais de um mês para que a autoridade de trânsito promovesse o respectivo processo administrativo para aplicação da penalidade, inviabilizando a medida e incentivando a imprudência.

 

Em Foco

*É grande a expectativa do empresariado da região para conferir o que o presidenciável João Amoêdo, do partido Novo, tem a dizer. A palestra acontece hoje, às 20h30, no Baependi, com a presença do técnico Bernardinho. O ingresso é gratuito e deve ser reservado no site do partido.

*Na manhã de quinta-feira, a esposa de Amoêdo, Rosa Amoêdo, falará sobre a participação das mulheres na política durante café no Hotel Kayrós, às 9h. O convite custa R$ 25, mais 10%. As vagas são limitadas.

*A agenda de Amoêdo também inclui um café da manhã no Cejas, coletiva de imprensa e uma sabatina às 10h45 no O Correio do Povo. A entrevista poderá ser conferida ao vivo na página do OCP no Facebook.

*Em entrevista ao Roda Viva, na segunda-feira, o pré-candidato do Partido Novo se apresentou como o único postulante genuinamente liberal à Presidência. Afirmou que o Estado não deve ser chamado a tutelar a vida do cidadão.

*Os pré-candidatos a deputado federal pelo Novo em Santa Catarina devem marcar presença no encontro em Jaraguá do Sul. São 20, alguns ainda em processo seletivo. Vão ouvir o que Amoêdo e Bernardinho têm a dizer e garantir material de divulgação. Segundo Leandro Schmöckel, como embaixador da sigla, Bernardinho é um garoto propaganda disputado.