Mais de R$ 90 milhões injetados na economia catarinense 

Colunistas

Por: Patricia Moraes

quarta-feira, 04:00 - 08/06/2016

Patricia Moraes
O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Carlos Chiodini, comemora o resultado da última reunião do Conselho Deliberativo do Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec), afinal, no encontro, foram aprovados cinco processos totalizando mais de R$ 90 milhões em incentivos para expansão de empresas em Santa Catarina. São cinco companhias que estão expandindo e construindo no Estado, e este valor está sendo injetado na economia nos próximos 18 meses, gerando renda, mais de 400 empregos diretos e cerca de mil indiretos. “Trata-se de um incentivo, a partir da postergação de um percentual pré-determinado sobre o valor do ICMS a ser gerado pela implantação ou ampliação destas empresas”, explica o secretário. “Esse valor demonstra que o Estado, mesmo com toda crise, continua lutando para crescer e gerar renda para sua população em todas as regiões”, acrescenta. As empresas estão localizadas cidades de Apiúna, Maravilha, São Cristóvão do Sul, São Bento do Sul e Saudades. “Temos, ainda, outros três processos que passarão por avaliação e devem ser aprovados nas próximas reuniões. Juntas, estas empresas abrirão 880 novos postos de trabalho”, adianta Chiodini.

* * *

Parada segura   Segundo o diretor jurídico da Câmara, Isidoro Flor, o projeto de autoria da vereadora Natália Petry (PMDB), que cria a Parada Segura para mulheres e idosos no transporte coletivo, deve ser liberado para votação na próxima semana. “Teve um vereador (Luís Fernando Almeida), que ficou uns dias aqui e apresentou mais de 40 projetos. Acabou criando uma fila. Tem que seguir um pouco a ordem cronológica”, argumenta. O texto foi uma sugestão do Conselho Municipal dos Diretos da Mulher.

* * *

Isenção de tributos   A associação de moradores do bairro Rio da Luz protocolou na Prefeitura um pedido para que se avalie a possibilidade de isentar aquela região, tombada como patrimônio histórico, de tributos municipais, como o IPTU.

* * *

Momento certo   A estratégia no PP é aguardar para anunciar a candidatura à reeleição do prefeito Dieter Janssen. A leitura é que as obras que estão sendo inauguradas desde o ano passado, incluindo a Ponte do Rau e a nova estação de tratamento de esgoto, além das pavimentações, servirão de impulso. O partido também acredita que o desejo da população por uma política mais ética pode favorecer Dieter, ainda mais do quem em 2012.

* * *

Inauguração   A Prefeitura de Jaraguá do Sul anunciou ontem que o Centro de Esportes e Artes Unificados (CEU) Mestre Manequinha tem previsão de inauguração no dia 25 de junho. A estrutura vai oferecer atividades e serviços culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços sociais e assistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital, aos moradores dos bairros Vila Lenzi, Nova Brasília, Jaraguá Esquerdo, Água Verde, Chico de Paulo e Tifa Martins. O investimento, através de convênio com governo federal, foi de R$ 1,4 milhão.

* * *

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Mão na terra   Encerrando as atividades da Semana Municipal de Meio Ambiente, o prefeito de Schroeder, Osvaldo Jurck (PSDB), colocou a mão na terra e participou da revitalização de uma Área de Preservação Permanente na localidade de Itoupava-Açu.  A ação faz parte de um projeto que visa remover famílias em área de risco para posterior recuperação do local.

* * *

No SPC   O ex-presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Jaraguá do Sul (CDL), Wanderlei Passold, foi eleito para assumir uma cadeira no Conselho Diretor do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) de Santa Catarina.

* * *

13º salário   A Prefeitura de Guaramirim anunciou que irá pagar até o dia 30 deste mês a primeira parcela do 13º salário aos servidores públicos. Serão injetados na economia aproximadamente R$ 2 milhões.

* * *

Na Scar   Atendendo pedido do deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB), a Assembleia Legislativa realiza hoje sessão solene, às 19h, na Scar. A entidade, fundada em 1956, completa 60 anos de história e importante contribuição para o cenário artístico e cultural de Santa Catarina, sendo palco de formação e difusão e também de eventos magníficos como o Femusc, o Festival de Bonecos e a Escola Vai Ao Teatro. A Scar e os envolvidos merecem todo reconhecimento. EM FOCO • Ao avaliar a apresentação do secretário de Estado da Fazenda, Antonio Gavazzoni, durante plenária da Associação Empresarial, o presidente da entidade, Giuliano Donini, disse acreditar que as perspectivas para o futuro podem ser ainda mais difíceis do que as previstas. Donini também elogiou a sinceridade de Gavazzoni ‘que conhece bem a realidade de Santa Catarina e nacional’ e apontou que, para sair da crise, o Brasil precisa acelerar ainda mais para fazer reformas estruturantes. Além disso, pontuou que a sociedade vai ter que pressionar para ter uma política mais limpa. “Não seremos conduzidos para esta mudança sem pressão”. • Outro ponto importante, segundo o presidente da Acijs, é criar um ambiente favorável para investimento, pois, sem ele, o nível de desemprego continuará crescendo e os problemas sociais vão aumentar. É um ciclo vicioso. • Um novo panorama na gestão da coisa pública também é imprescindível diz Donini, concordando com Gavazzoni sobre a necessidade de deixar a realidade do funcionalismo público mais próxima dos trabalhadores da iniciativa privada.
×