Hoje compartilho com vocês uma experiência multissensorial no mundo dos chás - crédito Darline Santos

Hoje compartilho com vocês uma experiência multissensorial no mundo dos chás - crédito Darline Santos

Tea sommelière ensina a preparar e consumir chás e infusões

Esta semana tive uma manhã superespecial de aprendizado sobre o universo dos chás gourmets. A convite da Tea Shop participei de um workshop com a nutricionista e tea sommelière Luiza Kasulke, única franqueada da marca espanhola em Santa Catarina e que está comemorando um ano de loja no Shopping Iguatemi. Uma verdadeira experiência multissensorial, ativando os cinco sentidos, a partir da degustação de sabores e aromas dos chás e infusões quentes e geladas. E, môs quiridos, nunca mais vou comprar e consumir chá como antes. Até porque, o que eu sabia era o que a maioria da população, que toma chá em saquinho sabe: beber chá faz bem, cura resfriados, gripes e qualquer mal estar do estômago, substitui o café, receitas que passam de geração em geração. Por isso, compartilho com vocês um pouco sobre o que aprendi deste mundo de chás importados, que vem crescendo como hábito de consumo e oportunidade de negócios no Brasil.

Especialista em chás, Luiza Kasulke apresentou workshop

Aí vão quatro top descobertas:

1 – Nem tudo é chá

Meu primeiro aprendizado foi entender o que é chá e o que é infusão. Chá é o nome de uma planta, de nome científico Camellia sinensis, originária de florestas das regiões do Himalaia, China e Japão. Para ser chá tem que ser feito com folhas e brotos dessa planta, se não tem na sua composição é infusão. Sabe aquele chá de erva doce, cidreira boldo e até de frutas? São infusões e não chás. As infusões são todas as bebidas feitas com outras ervas, frutas, cascas e sementes, que não sejam a Camellia.

Resumindo: uma bebida sem esta planta específica será uma infusão. Sempre que uma bebida tiver a Camellia, mesmo tendo outras plantas na composição, será um chá.

Mas, calma, é só uma questão de nomenclatura mesmo. Chamamos as infusões de chás desde que o mundo é mundo para cada um de nós, então relaxa que mesmo que o chazinho de camomila seja uma infusão, ele faz bem da mesma maneira!  Misture tudo e seja feliz!

Chás e infusões fazem bem para o corpo e a alma - crédito Darline Santos

2 - Tipos de chás e suas cores

O chá é classificado pelas suas cores: branco, verde, azul ou preto. A diferença entre eles é o tempo de colheita e a oxidação. Quanto mais velha ou seca a folha, mais oxidada. Cada um tem um tipo de benefício e modo de preparo. O momento de ingerir também é importante.

O chá mais puro é o branco, porque é feito do broto, da  primeira e da segunda colheitas, ou seja, da planta mais tenra, sem oxidação da planta. É conhecido como o chá da beleza e deveria ser tomado todos os dias.

O chá verde tem o efeito diurético e é um ótimo antioxidante, enquanto o vermelho  tem propriedades detox e depurativas, ajudando a regular o intestino.

O benefício do chá azul, chamado de oolong, é a digestiva e relaxante. Substitui muito bem o nosso popular “chá” de boldo (agora sabemos que é infusão) com a vantagem de ter um sabor leve e ser muito aromático. Acredite, depois de tomar esse chá aromatizado nunca mais vai querer o de boldo.

Finalmente, o chá preto é o que tem as folhas 100% de oxidadas e o mais energético e estimulante pelo teor de teína. Também ajuda na prevenção às cáries por conter flúor. No gosto é o mais amargo e intenso.

 3 – Sobre as infusões

As infusões podem ser digestivas, relaxantes, vitamínicas ou revitalizantes. E a principal diferença, do chá, é que não contém a teína, substância estimulante. As infusões combinam sabores quando misturadas com o chá.

4 – Não ferva a água do chá

O tempo de aquecimento e a temperatura água são importantes para fazer um bom chá ou infusão.

O chá verde, por exemplo, só deve ser aquecido por 2 minutos a uma temperatura de 700C /800C., numa proporção de 2g para cada 200ml.

O tempo de aquecimento das infusões também deve ser observado. Cascas e raízes podem ser fervidas entre 8 e 10 minutos. Já os blends de flores e ervas precisam de temperaturas mais baixas (80oC/90 oC) e permanecer no fogo de 5 a 6 minutos apenas.

A dica é seguir as instruções do rótulo sempre.

Quentes ou gelados, chás e infusões precisam de tempo e temperatura de preparo corretos

 

Diferença de preços e sabores

Nesta experiência gourmet, pude degustar os chás de todas as cores, misturados com infusões saborosas e aromáticas. Uma experiência totalmente diferente para quem está acostumada a beber os populares chás industrializados vendidos em sachês ou prontos em caixinhas. A maior diferença é o aroma e sabor. Sabores suaves, nem muito doces, nem tão amargos.

Os preços, é claro, também são muito diferentes dos que encontramos nas prateleiras de supermercado e feirinhas naturais. Os chás e infusões na Tea Shop são vendidos a granel e são todos importados. Com preços a partir de R$ 32,00 por 50 gramas. Os mais caros, da seleta linha Premium, variam entre R$ 97,90 e R$ 176,90 por 50 gramas, caso do Silver Needles, um chá branco formado só por tenros brotos sem abrir cobertos por um delicado pelo blanco.

Entre os que provei, indico o Gracia Blend Green – chá verde Sencha com baunilha, laranja e pétalas de flores (R$ 33,00). Um cheirinho de flores maravilhoso e sabor adocicado suavemente.

Aprenda a fazer blend de quentão natural e chocolate quente saudável

Agora, minha sugestão mega, master top de todas, é a infusão que fez sucesso no workshop: um blend de quentão, feito pela sommelière Luiza, que também recebe os clientes na Tea Shop e pode dar mais sugestões por lá.

A coluna de hoje termina com essa receita de quentão e outra especial para a criançada neste inverno com a infusão de Rooibos Safari.

O Rooibos é um produto sem cafeína, superindicado para crianças e mulheres que estão amamentando e esportistas por ser uma bebida isotônica e relaxante, além de ser benéfico para quem tem alergias. Conhecido o “chá vermelho do Sul da África”. A infusão do arbusto produz uma bebida avermelhada e com sabor adocicado, que combina com diversos blends e pode ser tomada com leite.

Infusão de quentão foi aprovada na degustação

Infusão de quentão

Ingredientes:

10g de Gingerbalm (infusão de gengibre, laranja, capim-limão, pólen e hibisco branco)

500ml de água

500ml de suco de uva

Pau de canela

Modo de preparo:

Infusione 10g de Gingerbalm em 500 ml  de água a 95o C por 8 a 10 minutos. Aqueça o suco de uva. Misture os dois líquidos e acrescente pau de canela e está pronto seu blend de quentão!

 

Chocolate quente saudável

Ingredientes:

4g de Rooibos Safari (Rooibos com coco e chocolate)

100ml de água

250ml de leite de coco

2 quadradinhos de chocolate

Modo de preparo:

Em uma xícara colocar os dois quadrados de chocolate picados.

Infusionar por 5 minutos o Rooibos Safari em 100ml de água. Despejar a infusão ainda quente sobre o chocolate na xícara. Completar com o leite de coco aquecido. Polvilhe raspas de chocolate por cima para decorar e está pronto para consumo!

 

Peraí, tem mais programação

- Neste sábado (30) tem ritmo de reggae e clima de romance no Cafe de La Musique, em Jurerê Internacional, Florianópolis, a partir das 14h. Os ingressos estão à venda a partir de R$ 50. O restaurante segue aberto o ano inteiro, funcionando de quinta a domingo. Mais informações e reservas: (48) 3282-1325. Endereço: Avenida dos Merlins, s/n, Jurerê Internacional

- No clima da Copa, também neste sábado (30), às 17h, haverá apresentação de dança russa no Jurerê Open Shopping, em Jurerê Internacional. No mesmo local, a partir das 10h, há exposição de duas bonecas russas gigantes (Matrioskas) e um painel em forma de porta-retrato com uma réplica da Praça Vermelha, que virou ponto turístico para fotos. A entrada é gratuita

- A partir do dia 4 de julho, tem boa programação em Pomerode, no 14º Festival Gastronômico. O evento será realizado até 15 de julho e apresentará uma diversidade de combinações e novas técnicas da gastronomia contemporânea, com oficinas culinárias para o público e degustação de pratos. De segunda a quarta-feira a entrada é gratuita  e de quinta a domingo o ingresso custa R$ 10. O festival ocorrerá no Parque Municipal de Eventos de Pomerode – Av. 21 de Janeiro, 2.700.

Agora sim, até mais!

Continuem me acompanhando por aqui e me enviando sugestões para o e-mail marijudelima@gmail.com. Para o whatsapp (48) 99993-7622 e pelo meu instagram @marijudelima.  Quer receber as novidades toda semana pelo whatsapp? Me avisa que te envio!