O bruxismo, que é o ato de apertar e esfregar os dentes involuntariamente, é um dos autodiagnósticos que com muita frequência aparece na consulta inicial, muitas vezes por que o companheiro relata escutar o ranger dos dentes durante a noite, ou porque o próprio paciente sente que acorda com a mordida cansada, dentes doloridos ou um desconforto contínuo, zumbidos no ouvido, dores de cabeça, na nuca e até mesmo ombros.

Quase todos estes mesmos pacientes já usaram ou usam “placa de bruxismo”, mas não encontram um alivio para esse incomodo. O que pode estar acontecendo, pode ter relação com fatores psicológicos, musculares e no principal ponto que quero chegar: na posição ou formato dos dentes.

O diagnostico do bruxismo muitas vezes é errado e confundido com a má oclusão ou a oclusão desequilibrada do dente- esta que tem sim, tratamento por um dentista treinado para ver esses problemas e apontar soluções.

O primeiro passo é fazer as fotos do caso e um exame, onde se faz a montagem da mordida em um equipamento chamado articulador, que imita os movimentos da mandíbula na posição mais confortável para o encaixe da mandíbula.

Este vai apontar a exata causa da má oclusão, além de outros sinais como retrações gengivais, dentes com perda de esmalte, dentes com restaurações que quebram com frequência e também implantes que vivem afrouxando.

Após isso o tratamento deste tipo de desordem pode ser tratado basicamente de três maneiras,  movimentando dentes para as posições que levam a musculatura e mandíbula para a posição de conforto com aparelhos ortodônticos, ou fazendo desgastes pontuais em algum dente que esta interferindo no correto fechamento da mordida.

A terceira opção, é a que normalmente corrige dentes que já tem desgastes severos, que seria a reconstrução dos dentes devolvendo seus tamanhos originais ou necessários para alcançar uma correta oclusão que vai aliviar e os sintomas citado no inicio do artigo.

Se você tem implantes , próteses ou dentes naturais faltando e apresenta esses sintomas consulte o seu dentista de confiança, é um prazer enorme resolver estes casos pois alem de estética, o paciente sempre ganha conforto e assim para de achar que seus dentes são frágeis, pois eles param ou diminuem significativamente as fraturas.

Um grande abraço e até semana que vem!