A periodontia é a área da odontologia que atua na gengiva e nas doenças que a afetam. O tratamento da inflamação gengival crônica por muito tempo foi a principal demanda dos profissionais que se especializaram na área, mas com o apelo estético, cada vez mais exigente, e a procura pela melhora da aparência do sorriso, a plastia gengival tem sido cada vez mais procurada.

Trata-se de um procedimento para remover o excesso de gengiva que cobre o dente em demasia, ou seja, a parte do dente que contém esmalte deveria ficar toda exposta, porém, por fatores de crescimento ósseo ou gengival, acabam por deixar parte dos dentes escondidos, mudando assim a aparência do sorriso.

Muita gengiva exposta quando a pessoa sorri pode tirar a atenção dos próprios dentes, a estética da gengiva ou estética vermelha, como chamamos, tem um papel fundamental. Um sorriso nunca vai ser saudável e belo se dentes, gengiva e lábios não estiverem em harmonia.

Dentes muito curtos com gengiva muito exposta dão aparência de um sorriso mais infantilizado e pode ser corrigida com uma microcirurgia para remoção da gengiva e na maioria das vezes, a remoção de uma película de osso que determina sua posição.

A não remoção pontual da película óssea vai fazer com que a gengiva volte a crescer depois de algum tempo da remoção feita, portanto, procure um profissional com experiência na área. É comum os pacientes nos procurarem para fazer uma segunda cirurgia de plastia, pois passou pela primeira e perdeu todo o resultado depois de alguns meses.

O diagnostico é fundamental para expor apenas esmalte do dente e não a raiz, por isso os exames tomográficos são bem indicados para essa avaliação. Um abraço até semana que vem!