O Serrinha é o mais novo campeão da Taça Vila Itoupava de Futebol Suíço. Neste domingo (1), a equipe blumenauense levantou o troféu Nati Jensen após derrotar o Primeiro Braço, de Massaranduba, por 4 a 1. A decisão ocorreu no Estádio Bruno Hildebrandt, em Blumenau.

Contando com o apoio de grande parte da torcida presente, o Serrinha dominou o primeiro tempo. O time anotou duas vezes antes da parada para o intervalo. Primeiro, com Daniel em cobrança de falta ensaiada. Depois, com um golaço marcado por William, que acertou o ângulo, sem chances para o goleiro adversário.

O nervosismo foi a tônica do jogo. Ao final da etapa inicial, as duas equipes reclamaram muito com a arbitragem, sobretudo os jogadores do Primeiro Braço, que apontavam um pênalti não marcado quando o placar estava 1 a 0.

Foto Divulgação

Logo no início do segundo tempo, o Serrinha teve Daniel expulso de campo, após ser advertido com o segundo cartão amarelo. A vantagem numérica trouxe esperança e fez o Primeiro Braço partir para cima em busca da recuperação. E a pressão surtiu efeito. O time de Massaranduba conseguiu balançar as redes em jogada bem trabalhada.

Apesar da expulsão, o Serrinha não se intimidou e anotou o terceiro gol em mais um belíssimo chute de fora da área de William. Mesmo com toda pressão, o Primeiro Braço pecava nas finalizações e já no final da partida, o zagueiro Guilherme sacramentou a vitória do time vilanense.

Festa para a torcida do Serrinha, acostumada com grandes vitórias no passado, mas que não comemorava um título no futebol desde 1993. Na partida preliminar, o Real Itoupava venceu o Net Land/MV Móveis, de Schroeder, por 3 x 2 e ficou com a terceira colocação da competição.

Foto Divulgação

A II Taça Vila Itoupava contou com 16 equipes, 36 partidas e 160 gols marcados. O artilheiro do campeonato foi Jailson, do Rancho Alegre, com seis gols, enquanto o goleiro menos vazado foi Ismael, do Serrinha, que sofreu apenas seis gols.

Quer receber as notícias no WhatsApp?