Trinta e cinco políticos com melhor desempenho no exercício do mandato, ao longo de deste ano na Câmara Federal e no Senado serão premiados na quarta-feira (27) pelo Ranking dos Políticos, em Brasília. Do total de parlamentares premiados pelo ranking, 30 fazem parte da renovação política e apenas cinco foram reeleitos.

De Santa Catarina, quatro deputados estão entre os melhores, sendo dois do PSL- Caroline de Toni e Coronel Armando, um do Novo - Gilson Marques e um do PSB - Rodrigo Coelho.

Já dos cinco senadores classificados, apenas um catarinense Jorginho Mello (PL) também entra no levantamento (confira o quadro abaixo).

O Ranking dos Políticos é uma plataforma digital que compara o desempenho dos parlamentares brasileiros, sendo mantido por entidade do terceiro setor e sem dinheiro público (www.politicos.org.br).

O portal classifica senadores e deputados do melhor para pior de acordo com os seguintes critérios: presença nas sessões, economia da cota parlamentar, ficha limpa e voto nas principais decisões do Congresso, como o aumento do Fundão Eleitoral, por exemplo.

O levantamento aponta que em 2015, a Câmara dos Deputados gastou pouco mais de R$ 178 milhões. Já em 2019 o valor ficou em R$ 141.647.050,94.

Comparado os gastos de 2015 em relação ao mesmo período de 2019, houve uma redução de 21%, totalizando uma economia aos cofres públicos de R$36 milhões.

Os parlamentares premiados pelo Ranking dos Políticos gastaram 47% a menos que o restante do congresso na legislatura atual. A média geral de gasto parlamentar é de R$ 272.463,39. Já os parlamentares melhores colocados no ranking possuem uma média de R$ 144.552,39.

O objetivo do site é ajudar a população a fiscalizar os políticos do Congresso Nacional, a partir da análise objetiva dos mandatos dos parlamentares. Todos os dados utilizados para as avaliações do Ranking são obtidos diretamente dos sites do Senado e da Câmara Federal.

Cada ponto ganho ou tirado está documentado, além disso, o Ranking conta com um Conselho de Avaliação de Leis, que leva em conta os critérios de combate à corrupção, aos privilégios e ao desperdício para determinar a “qualidade legislativa” do parlamentar.

Confira a lista dos parlamentares premiados:

 

 

CURTAS

Reservatório

O Samae iniciou esta semana o processo de construção do maior reservatório de água potável do de Jaraguá do Sul. A primeira obra será a demolição de um reservatório de um milhão de litros de água para a construção do novo tanque, que terá capacidade para armazenar quatro milhões litros.

A demolição começou ontem, na área onde existem dois reservatórios (R3), na Rua Heinz Barg, na Vila Baependi. O novo reservatório terá 23 metros de diâmetro por 10 metros de altura, e será erguido em estrutura de aço vitrificado com investimento de R$ 2,7 milhões.

Lotérica fechada

O vereador Anderson Kassner (PP), advertiu na semana passada na Câmara de Jaraguá sobre a transferência da lotérica do bairro Tifa Martins para o prédio de um supermercado no bairro Vila Lenzi.

Segundo ele, é preciso abrir uma nova lotérica no antigo local já que a população dos três bairros que compõe a região é bastante grande. Conforme os dados do IBGE de 2018 que Kassner levantou, mais de 19 mil pessoas ficarão sem atendimento na localidade.

O vereador conversou com alguns gerentes da Caixa Federal e levou ao conhecimento deles o problema. Segundo o parlamentar, a instituição fará uma caracterização mercadológica dos bairros desassistidos e, se for demonstrado a necessidade de se abrir uma lotérica lá, a demanda será atendida.

Plano de mobilidade

O governo Federal estendeu para 12 de abril de 2021, o prazo para os municípios elaborarem seus Planos de Mobilidade Urbana (PMU). A decisão consta da Medida Provisória nº 906/2019, publicada assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, e pelo ministro do Desenvolvimento Regional Gustavo Canuto.

A medida altera a Lei que amplia em dois anos a antiga data-limite estipulada pela legislação para que os municípios brasileiros elaborassem o PMU. Dessa maneira, os que ainda não o fizeram voltam a poder receber recursos do Orçamento Geral da União (OGU) destinados ao setor até o fim do novo prazo, além de poderem continuar acessando financiamentos por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Adote o Verde

O prazo para adesão ao Programa Adote o Verde foi prorrogado até sexta-feira (29). Dos 32 espaços (entre praças e canteiros) colocados para adoção no Edital de Chamamento Público nº 003/219, 26 ainda estão disponíveis.

Para se inscrever, os interessados devem entregar a documentação exigida no edital ao Setor de Protocolo da prefeitura jaraguaense, de segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas O Edital completo está disponível no site da Prefeitura.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger