Apesar do apelo do Ministro da Justiça Sérgio Moro para que o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) ficasse sob a responsabilidade de seu ministério, não teve jeito, acabou com o Ministério da Economia.

O texto proposto pelo governo retirava o Coaf do Ministério da Economia para o da Justiça, mas partidos de oposição e do Centrão pressionaram o governo para que o Conselho fosse vinculado ao Ministério da Economia. O Coaf é uma unidade de inteligência financeira do governo federal criada em 1998 e que atua principalmente na prevenção e no combate à lavagem de dinheiro.

A votação apertada na sessão de quarta-feira (22) contou com 228 votos contra a transferência e 210 a favor. Dos 16 deputados federais catarinenses, 13 votaram a favor da transferência e, dentre estes, estão dois parlamentares da nossa região, Carlos Chiodini (MDB) e Fábio Schiochet (PSL). Também houve um voto contra e dois parlamentares se ausentaram.

Chiodini disse que o motivo de votar sim pela transferência do Coaf para o Ministério da Justiça, foi em respeito ao governo que está iniciando e formando sua estrutura interna administrativa. Mas destaca que apesar disso, não haverá muita alteração de funcionamento do órgão e que respeita o pensamento dos parlamentares que votaram de forma contrária.

“Se a maioria dos colegas aqui da Câmara teve um entendimento diferente da maioria dos deputados de Santa Catarina, entendo que o ministro da Economia Paulo Guedes é um homem sério e a diretora do Coaf foi indicada pelo ministro Moro e por isso, o Conselho continuará atendendo o anseio da população e desempenhando seu papel de combate à corrupção e principalmente à sonegação empresarial, política, administrativa que gera sérios prejuízos à nossa sociedade”, conclui.

O deputado Fábio Schiochet comenta que seu voto pela manutenção do Coaf  no Ministério da Justiça, seria pela facilidade dos trabalhos que os dois órgãos ter na fiscalização e investigação de atividades financeiras que possam demonstrar movimentações suspeitas.

“Esse foi o meu posicionamento e de meus colegas do PSL. Mas fico tranquilo com a decisão, em que o ministro da Economia vai abrigar a equipe que Sérgio Moro havia formado para cuidar do Coaf. A fiscalização continuará rigorosa onde quer que o Coaf esteja, pelo compromisso firmado pelo nosso governo no combate à impunidade. Quanto aos outros parlamentares que votaram pela mudança do órgão, não posso falar por eles, cada um tem seus motivos, mas sem dúvida essa é uma decisão que mancha a reputação e desperta desconfiança dos brasileiros”, finalizou.

Plenário aprovou reestruturação de Ministérios

Nesta quinta-feira (23) foi aprovada no plenário da Câmara dos Deputados medida provisória do presidente Bolsonaro para reestruturação dos ministérios que passam de 29 para 22. Agora o texto vai para o Senado, onde precisa ser aprovado até o dia 3 de junho.

Mobilização em apoio às reformas de Bolsonaro

O Movimento para um Brasil Melhor realiza no domingo (26), a partir das 15h30, na Praça Ângelo Piazera, uma manifestação de Apoio às Reformas do governo Bolsonaro.

Os integrantes da organização do evento, Carlos Guesser e José Renato Mantuani, destacam que a comunidade está sendo convidada a participar, destacando a importância do envolvimento das mulheres e jovens no movimento. A ação também está sendo divulgada por meio de redes sociais e outdoors espalhados pela cidade.

Mutirão de cirurgias

A Secretaria Municipal de Saúde de Guaramirim realiza no dia 22 junho um mutirão de 100 cirurgias oftalmológicas no Hospital Municipal Santo Antônio. O secretário de Saúde Marcelo Deretti, explica que esses pacientes aguardavam na fila desde 2015 e graças a economias realizadas pela pasta, além de verbas de emendas parlamentares, será possível realizar o mutirão.

Concurso

O Instituto de Seguridade dos Servidores Municipais de Jaraguá do Sul (Issem) aceita até o dia 10 de julho, as inscrições para o concurso público para o preenchimento de cinco vagas com salários que variam de R$ 3.992,70 a R$ 10.639,87. As devem ser realizadas via internet, no site do Instituto Brasileiro de Administração Municipal, onde também está disponível o edital com todas as orientações aos interessados em participar desse concurso. A prova está agendada para o dia 7 de julho.

Reparo em ponte

Os vereadores jaraguaenses aprovaram esta semana na Câmara solicitação para que a Prefeitura realize reparos na ponte da Tifa Aurora, no bairro Rio Cerro II. A solicitação foi apresentada pelo vereador Celestino Klinkoski (PP).

Já Jackson de Avila (MDB), ressaltou que é preciso ter disponível os kits de transposição prometidos pela Prefeitura em 2018 para que esses impasses não demorem tanto como estão demorando. De acordo com o parlamentar, quem sai prejudicado com demora no reparo é a população.